Copa do Brasil

Cruzeiro vence o Boa Esporte nos pênaltis e avança à terceira fase

Raposa sofreu, mas conquistou classificação na Copa do Brasil.
Imirante Esporte, com informações da CBF05/03/2020 às 00h05
Cruzeiro vence o Boa Esporte nos pênaltis e avança à terceira faseCruzeiro fez a festa diante do Boa Esporte. (Douglas Magno / Light Press / Cruzeiro EC)

VARGINHA - Maior campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro segue na briga pelo hepta! Na noite desta quarta-feira (4), a Raposa foi até o Dilzon Melo, em Varginha (MG), para encarar o Boa-MG, pela segunda fase da competição. No tempo normal, um gol para cada lado. João Lucas marcou para equipe celeste, enquanto Claudeci empatou para os donos da casa. E nas penalidades, Fábio brilhou, o Cruzeiro converteu cinco cobranças contra quatro do Boa e carimbou a classificação.

O jogo

O duelo mineiro começou com o Cruzeiro partindo para o ataque. Aos cinco minutos, boa jogada de Everton Felipe e Thiago, Mauricio chegava para finalizar, mas Renan Rocha saiu do gol para salvar o Boa. Na sequência, Filipe Machado e Thiago arriscaram o chute, o primeiro mandou para fora e o segundo parou em grande defesa de Renan. Aos 16, Thiago teve nova chance, mas dessa vez errou o alvo. A Raposa seguiu controlando o jogo até que, aos 36, João Lucas abriu o placar. Após cobrança de escanteio de Filipe Machado, o lateral fez o desvio sutil para estufar as redes do Dilzon Melo: 1 a 0.

O time da casa voltou melhor para a etapa complementar e saiu em busca do empate logo nos primeiros minutos. Dito e feito. Aos 13 minutos, Claudeci aproveitou uma sobra na entrada da área e soltou uma bomba para deixar tudo igual. A grande chance do Cruzeiro no segundo tempo veio na marca dos 23. Marcelo Moreno deu ótimo passe para Maurício, que encheu pé e viu Renan Rocha salvar mais uma. Mas as emoções do tempo normal pararam por aí. E com a igualdade no marcador o duelo se encaminhou para penalidades.

Com a bola na marca da cal, o Cruzeiro converteu cinco das seis cobranças com: Edílson, Filipe Machado, Everton Felipe, Léo e Maurício. A Raposa também contou com a estrela de Fábio, que defendeu uma das penalidades do Boa e ajudou a colocar a equipe celeste na próxima fase.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.