Série A

Oswaldo atribui chegada ao Timão à indefinição da permanência no Sport

O comandante revelou ainda que já havia recebido convites anteriores do Timão.
Gazeta Esportiva12/10/2016 às 18h52

SÃO PAULO - O técnico Oswaldo de Oliveira encerrou sua passagem pelo Sport nesta quarta-feira de forma negativa, sendo derrotado por 3 a 0 para a Chapecoense, na Arena Condá. Após o término de sua última partida no comando da equipe rubro-negra, o treinador respondeu perguntas relacionadas a sua chegada ao Corinthians. O comandante revelou que já havia recebido convites anteriores do Timão, mas efetivou sua transferência por conta da indefinição de sua permanência no time pernambucano.

“Bom, desde o início, na saída do Tite, recebi três convites do Corinthians e resisti aos três. Agora é uma situação de decisão. Senti que a minha possibilidade de permanência no Sport não tinha firmeza e uma decisão tomada, então tive exemplos anteriores e achei melhor sair”, declarou o treinador. “Ainda assim, considero que o Sport tem totais condições de melhorar e sair dessa situação do rebaixamento”, completou.

Oswaldo também revelou ter tentado um diálogo com a diretoria do Sport para sua permanência na equipe, mas não obteve sucesso. “Eu pedi algumas vezes para que houvesse uma definição. A diretoria se esforçou, mas não tem condições de fazer isso agora porque eles tem uma eleição. Então, não houve condições de seguir desta forma”, explicou.

Apesar de explicar o motivo de sua troca de clube, o treinador evitou dar detalhes precipitados sobre sua chegada ao Corinthians. “Eu estou aqui no Sport acabando agora. No Corinthians, quando eu me apresentar lá, nós vamos falar”, declarou.

O treinador ainda aproveitou para analisar sua passagem pelo Sport. Apesar de lamentar ter pego o trabalho em andamento, já que assumiu a equipe no mês de abril, Oswaldo de Oliveira analisou seu trabalho no clube como positivo. “Meu trabalho foi um trabalho que teve um início já em andamento e tentamos reformular. A equipe tem padrão de jogo, fez bastante gols, fez partidas excelentes, muito boas, e outras nem tanto, mas não vi nenhuma partida, assim como hoje, que a equipe tenha jogado mal efetivamente. Então é um trabalho em desenvolvimento que tem que ser retomado e buscar a melhora daqui para frente”, finalizou.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.