Mais uma pra conta!

Com gol nos acréscimos, Palmeiras bate América-MG e é bicampeão da Copinha

Na grande final, o Verdão venceu com gols de Ruan Ribeiro e Patrick.

Gazetapress

Ruan Ribeiro fez o primeiro gol do Palmeiras na decisão
Ruan Ribeiro fez o primeiro gol do Palmeiras na decisão (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

SÃO PAULO - O Palmeiras é bicampeão da Copa São Paulo de Futebol Jr. Na tarde desta quarta-feira (25), as Crias da Academia bateram o América-MG por 2 a 1, em final disputada no Canindé, e ficou com a taça da Copinha pelo segundo ano consecutivo. A conquista vem com uma campanha irretocável, que teve 100% de aproveitamento. Na grande final, o Verdão venceu com gols de Ruan Ribeiro e Patrick. Renato Marques marcou para os mineiros. O gol do título veio nos acréscimos, de maneira emocionante, coroando a campanha palmeirense.

O jogo

A primeira grande chance palmeirense aconteceu aos nove minutos. Kevin foi acionado pela esquerda e deu bom passe em profundidade para Vitinho, que finalizou cruzado na saída do goleiro. A bola passou na frente de Ruan Ribeiro e saiu de mansinho pela linha de fundo.

A resposta do América-MG veio três minutos depois. Adyson cruzou com veneno, e o goleiro Aranha precisou fazer grande defesa. No rebote, a bola sobrou para Theo finalizar, mas o zagueiro Talisca se jogou para fazer o corte e salvar o Verdão mais uma vez.

Apesar dos sustos causados pelo ataque mineiro, o Palmeiras conseguiu se reorganizar até abrir o placar. Aos 17 minutos, o Verdão saiu na frente em bela trama coletiva. Vitinho foi acionado em velocidade e cruzou rasteiro para o artilheiro Ruan Ribeiro, que apareceu por trás da zaga e completou para a rede, anotando o seu 9º gol na Copinha.

Mesmo após o gol palmeirense, o América-MG não se intimidou e tentou buscar o empate. Aos 27 minutos, Adyson pegou a sobra na entrada da área e finalizou com categoria de canhota. Aranha precisou se esticar para tocar na bola, que ainda encontrou o travessão.

Depois da parada para a hidratação, o ritmo do jogo caiu. Ainda assim, o América-MG reuniu energia para buscar o empate. Aos 39, Adyson foi derrubado por Léo dentro da área, e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, o camisa 9 Renato Marques cobrou no centro do gol para empatar o jogo.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o América-MG voltou com mais ímpeto em busca da virada, com mais presença ofensiva nos minutos iniciais. Aos cinco minutos, a equipe mineira até chegou a balançar a rede, mas a arbitragem assinalou impedimento de Luan e anulou a jogada.

Aos poucos, o Palmeiras se reorganizou dentro do jogo e também chegou com perigo no ataque. Aos 17 minutos, Kevin avançou pela entrada da área e finalizou com veneno, e a bola explodiu na trave. Pouco depois, aos 19, quem teve a chance foi Estêvão, que recebeu de Vitinho dentro da área, mas pegou fraco na bola e facilitou a defesa de Cássio.

Depois disso, o ritmo voltou a cair, com as oportunidades para os dois lados diminuindo. Ainda assim, o Palmeiras voltou a assustar aos 34, quando Vitinho recebeu cruzamento pela direita, mas chegou desequilibrado na bola e finalizou por cima. Já na reta final da partida, Daniel teve boa chance aos 42 minutos ao invadir a área e finalizar cruzado, mas a bola passou tirando tinta da trave.

Com grande emoção, a vitória palmeirense veio nos acréscimos. Aos 47 minutos, após cobrança de escanteio fechada, a bola pipocou no meio da área e sobrou limpa para Patrick, que cabeceou para o fundo da rede para garantir o bicampeonato do Verdão na Copinha.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte (Canindé), em São Paulo, SP
Data: 25 de janeiro de 2023 (quarta-feira)
Horário: 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Fabiano Monteiro dos Santos
Assistentes: Raphael de Albuquerque Lima e Henrique Perinelli Oliveira
VAR: Marcio Henrique de Gois

Cartões amarelos: Léo e Pedro Lima (Palmeiras); Theo (América-MG)
Cartões vermelhos: Gols: Ruan Ribeiro, aos 17 do 1T (Palmeiras) e Patrick, aos 47 do 2T; Renato Marques, aos 41 do 1T (América-MG)

Publico:17.552 torcedores
Renda: R$ 683.610,00

PALMEIRAS: Aranha; Edney, Henri, Talisca e Gustavo Mancha (David Kauã); Léo (Patrick) e Pedro Lima; Estêvão (Gilberto), Ruan Ribeiro (Thalys), Vitinho e Kevin (Daniel).
Técnico: Paulo Victor Gomes

AMÉRICA-MG: Cássio; Samuel, Jonathan (Rafa), Júlio e Paulinho (Yago); Breno (Heitor), Mateus Henrique (Jurandir) e Theo (Kanté); Luan Campos, Adyson e Renato Marques.
Técnico: Mairon César


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.