Campeonato Maranhense

Desgaste físico atrapalhou o Cordino, afirma Marlon Cutrim

A Onça foi goleada pelo Sampaio e perdeu a chance do título estadual antecipado.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte07/06/2017 às 23h15

SÃO LUÍS - Campeão do primeiro turno do Campeonato Maranhense, o Cordino teve, na noite desta quarta-feira (7), a grande chance de confirmar o primeiro título estadual de sua história, mas teve que adiar esse objetivo. Em partida disputada no Estádio Castelão, a Onça de Barra do Corda foi goleada por 4 a 1 pelo Sampaio Corrêa e teve que se contentar com o vice-campeonato do returno do Maranhense.

Em entrevista à rádio Mirante AM, o técnico Marlon Cutrim criticou a batalha judicial entre Sampaio Corrêa e Moto Club, que paralisou o Campeonato Maranhense, e lamentou o cansaço do elenco do Cordino, que teve pouco tempo de descanso depois da derrota para o Tocantins, no domingo (4), pela Série D.

“Fico triste com a falta de compreensão com a nossa equipe. Pegamos uma viagem desgastante, o desgaste físico foi muito grande. Agora a gente tem que trabalhar, temos um jogo decisivo pelo Brasileiro e vamos encarar o Sampaio na próxima quinta-feira”, disse o treinador do Cordino.

Antes de iniciar a final do Campeonato Maranhense contra o Sampaio Corrêa, o Cordino disputa, na tarde deste domingo (11), a sua quarta partida na Série D. O adversário será o Tocantins e o duelo será realizado às 16h, no Estádio Leandrão, em Barra do Corda.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.