Espancamento

VÍDEO: grupo ataca travesti com pauladas e chutes; polícia descarta homofobia

A investigação aponta uma disputa por clientes no local que funciona como ponto de prostituição.
Imirante.com, com informações do G1CE06/12/2019 às 09h53

CEARÁ – A polícia do Ceará está investigando um espancamento sofrido por uma travesti, em Fortaleza, no último fim de semana do mês de novembro.

Um vídeo que circula pelas redes sociais e sites na internet mostra a travesti, de 17 anos, correndo, em uma tentativa de fugir dos agressores. Eles atacam a vítima com pauladas e chutes.

Em um determinado momento, a travesti cai no meio da rua, e o grupo de cinco pessoas aproveita para agredir ainda mais a vítima.

Nessa quinta-feira (5), a Polícia Civil do Estado do Ceará interrogou os agressores, que afirmam que a travesti praticava roubos na região. Além disso, informações policiais dão conta de que existe uma disputa por clientes no local que funciona como ponto de prostituição.

A investigação descartou a hipótese de crime de homofobia. Dois dos envolvidos são adolescentes e foram encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.