Cinco meses depois

Polícia prende suspeitos de matar índio em Barra do Corda

Hugo Pompeu Guajajara foi vítima de latrocínio, com requintes de crueldade, em novembro de 2016.
Imirante.com07/04/2017 às 18h41

BARRA DO CORDA - A Polícia Civil do Maranhão concluiu as investigações da morte do índio Hugo Pompeu Guajajara, o qual foi vítima de latrocínio, com requintes de crueldade, no dia 23 de novembro de 2016, na cidade de Barra do Corda.

Leia também: Conselho relata crueldade e diz que 6 índios foram mortos em menos de 90 dias no MA

Segundo informações policiais, na semana passada, foi preso na cidade de Santo Antônio do Desconto/GO, Diones da Conceição Soares, suspeito de ter praticado o latrocínio. O homem confessou o crime e ainda delatou a participação dos demais cúmplices, identificados como: Antônio do Nascimento da Silva, João Nascimento da Silva e John Ney Lima Lopes.

Após a reconstituição do crime, a Justiça decretou a prisão preventiva dos quatro suspeitos. Antônio do Nascimento e John Ney Lima foram presos nesta sexta-feira (7) em Barra do Corda. Já João Nascimento foi preso no Estado do Ceará, onde estava escondido.

Com o crime esclarecido, os quatro suspeitos estão à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.