Famosos

Pabllo Vittar: “desde pequena sofri muito preconceito, por ser quem eu sou”

A maranhense ficou famosa, após compor canções baseadas em hits mundiais.
Angra Nascimento /Imirante Imperatriz10/05/2016 às 07h09
Pabllo, contou que jamais usou máscara. (Foto: Reprodução/YouTube)

IMPERATRIZ – A drag queen maranhense Pabllo Vittar, conhecida nacionalmente, disse em entrevista ao Na Mira, que sempre sofreu muito preconceito. Com apenas 21 anos de idade, a artista assumiu cedo sua identidade.

Pabllo, contou que jamais usou máscara. “Desde pequena sofri muito preconceito, por ser quem eu sou, por colocar a cara a tapa. Eu nunca me mascarei, nunca fingi ser quem eu não era”, afirmou.

A drag queen, que possui um grande número de fãs e admiradores, deixou um recado. “Eu sempre falo para os meus fãs que eles sempre sejam eles mesmo. Não importa se você é gay, lésbica, drag, se faz alguma arte, que na sociedade é conhecida como esdrúxula. Seja você, seja feliz, porque a vida é sua”.

Recentemente a Pabllo Vittar foi convidada pela Avon para ser uma das modelos da nova campanha da empresa. Sobre isso, ela disse que “é uma iniciativa que tem que ser feita. É uma coisa que tem que falar, tem que discutir sobre gênero, construção e desconstrução de gênero.

Vai ter drag na cena sim, vai ter gay fazendo propaganda sim, e as pessoas vão ter que aceitar isso”, finalizou a artista que gravou com Diplo, produtor reconhecido internacionalmente.

Maranhense natural de Santa Inês, Phabullo Rodrigues da Silva, conhecido como Pabllo Vittar, começou a fazer sucesso no Brasil após compor canções baseadas em hits consagrados mundialmente.

rabalhou no quadro musical da última temporada do programa Amor & Sexo, da Rede Globo e recentemente foi convidada pela Avon para ser uma das modelos da nova campanha da empresa.

A cantora começou a fazer sucesso após lançar o clip Open Bar, versão brasileira da música Lean On, do Major Lazer, mesclando pop e o samba. Quatro meses após o lançamento o vídeo no YouTube, alcançou a marca de 1 milhão de visualizações. Desde então, a cantora investiu na internet e seu trabalho foi reconhecido nacionalmente.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2017 - Todos os direitos reservados.