Mandado de prisão preventiva

Suspeito de integrar quadrilha de roubo de carga é preso pela Polícia Civil

Ulysses Alves da Silva é apontado como participante do roubo a carga de cigarro do caminhão da Sousa Cruz, na BR-222.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil18/02/2019 às 14h39
Suspeito de integrar quadrilha de roubo de carga é preso pela Polícia CivilUlysses Alves da Silva será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficará à disposição da Justiça. (Foto: divulgação)

TIMON - Um homem suspeito de integrar um grupo criminoso de roubo a carga foi preso pela Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), no último sábado (15), em Timon.

Leia também:

Polícia prende membros de quadrilha de roubo de carga, em São Luís

Carga de cigarro é recuperada pela polícia na BR-222

De acordo com informações da polícia, o suspeito foi identificado como Ulysses Alves da Silva, de 33 anos. Ele é apontado como integrante de um grupo criminosos, contra o qual foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, na quinta-feira (14), pela Seic.

Ainda segundo a polícia as investigações referem-se ao crime de roubo a carga, registrado na cidade de Peritoró, no mês de outubro de 2017.

Com o avanço das investigações, foi possível identificar os autores do crime, sendo eles: Aleciano dos Santos Reis, João Alberto chaves Júnior, Raimundo Ferreira Barros, conhecido como "Neto", e Josiel Oliveira dos Santos.

A ação tem como alvo a Empresa Souza Cruz, fabricante de cigarros, cujo valor da mercadoria subtraída foi avaliada em cerca de R$ 787.353,65 mil.

Ulysses Alves da Silva era comparsa de Josiel Oliveira dos Santos, eles atuavam juntos a quadrilha facilitando o roubo das cargas. Os dois suspeitos prestavam serviços de segurança junto à Empresa Souza Cruz, atuando como seguranças e, no momento da ação, não exploravam reação, a fim de que a roubo fosse efetivado.

Após os procedimentos policiais adotados, Ulysses Alves da Silva será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficará à disposição da Justiça, junto aos demais comparsas que já se encontram custodiados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.