Após anulação

Assembleia do MA divulgará novo edital de concurso em janeiro de 2023

Decisões foram tomadas após audiência realizada na quarta-feira (16).

Gilberto Léda/ipolítica

- Atualizada em 17/11/2022 às 17h08
Inscritos poderão prestar novas provas sem custos
Inscritos poderão prestar novas provas sem custos (Agência Assembleia)

SÃO LUÍS - Após a anulação do concurso público da Assembleia Legislativa do Maranhão após suspeitas de fraudes na aplicação das provas objetivas pela Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro (CEPERJ), que teve o contrato rescindido pelo poder Legislativo, um novo edital para o certame deve ser lançado em janeiro de 2023.

A decisão foi tomada em audiência nesta quarta-feira (16). Após a rescisão de contrato com a antiga organizadora, a seleção terá definição de nova banca.

Em discurso nesta quinta-feira (17), o deputado estadual Yglésio Moyses – autor das primeiras denúncias que culminaram com a anulação das provas – informou que a Fundação Getúlio Vargas (FGV) está entre as favoritas para assumir a realização do concurso.

Fundação Vunesp e Centro Brasileiro De Pesquisa Em Avaliação E Seleção E De Promoção De Eventos (Cebraspe) também estão cotados.

Durante a audiência ficou acordado que o edital será divulgado até o dia 20 de janeiro. Serão 67 vagas – com mais o triplo disso para cadastro de reserva – e o conteúdo programático seguirá o mesmo do certame anulado.

Candidatos que já realizaram as inscrições podem fazer as provas novamente; quem não tiver interesse será ressarcido; e haverá a possibilidade de novas inscrições.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.