Oportunidade

UFMA aprova quatro novos mestrados na Capes

Dois deles para Imperatriz. As turmas estão previstas para o início de 2019.
Imirante Imperatriz, com informações da Ascom10/10/2018 às 14h53
UFMA aprova quatro novos mestrados na CapesO programa, da área Comunicação Contemporânea, no Campus Imperatriz, abrangerá duas linhas de pesquisa. ( Foto: Reprodução / Internet)

IMPERATRIZ - A Universidade Federal do Maranhão tem quatro novos mestrados aprovados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes): Acadêmico em Comunicação (Imperatriz); Profissional em Comunicação (São Luís); Geografia, Ambiente e Sociedade (São Luís); e Artes Cênicas (São Luís).

Os resultados da avaliação de propostas de cursos novos nas modalidades acadêmica e profissional foram divulgados após análise realizada na 179ª Reunião do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES), em Brasília, entre os dias 24 e 28 de setembro.

Em geral, haverá, em média, 15 professores em cada um dos mestrados, totalizando 75 docentes doutores nos novos cursos de pós-graduação strictu sensu.

O pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Allan Kardec, lembrou que a qualificação dos docentes da universidade e as avaliações positivas recentes da UFMA em análises realizadas pelo MEC influenciaram diretamente na aprovação dos mestrados.

“O avanço da pós-graduação é necessariamente resultado do avanço geral da graduação, então a pós carrega consigo o desenvolvimento das graduações. O Maranhão melhora sua qualificação em termos de profissionais, o ensino, a pesquisa e a extensão, então todo o mundo sai ganhando”, comentou.

Editais

A previsão é que, já no início do ano de 2019, sejam formadas as novas turmas, pois está projetado que, até o final deste ano, os editais sejam divulgados no site da UFMA.

Em Imperatriz

O programa, da área Comunicação Contemporânea, no Campus Imperatriz, abrangerá duas linhas de pesquisa: "Formas e materialidades da comunicação" e "Processos sociopolíticos na comunicação contemporânea". A primeira turma deve iniciar o curso ainda no primeiro semestre de 2019.

A professora Michele Massuchin, da comissão de elaboração da proposta do Programa, enalteceu o esforço coletivo dos professores do curso de Comunicação do Campus Imperatriz para a aprovação do mestrado.

"Ter um programa de mestrado em Imperatriz auxilia para que haja uma consolidação do corpo docente, posiciona o Maranhão dentro da área da comunicação e das ciências humanas e ajuda a suprir a demanda de alunos que terminam a graduação a continuarem na pesquisa", avaliou a professora.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.