Em lava a jato

Preso suspeito de vender combustível de forma clandestina na Vila Maranhão

O ponto de venda funcionava em um lava a jato, onde foram encotrados galões com gasolina e etanol.
Imirante.com, com informação da Polícia Civil14/07/2021 às 09h38
Preso suspeito de vender combustível de forma clandestina na Vila MaranhãoGalões de gasolina e diesel foram apreendidos na Vila Maranhão. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

SÃO LUÍS – Um gerente de um lava a jato foi preso, em flagrante, na manhã dessa terça-feira (13), na Vila Maranhão, suspeito de vender combustível de forma clandestina.

Os investigadores da Polícia Civil se dirigiram até o local e observaram a movimentação de abastecimento de gasolina em veículos no local. Durante a abordagem, os compradores confessaram aos policiais que estavam ali para comprar combustível.

Ainda segundo a polícia, o local funcionava como uma espécie de posto. O responsável pelo abastecimento e dono do lava a jato conseguiu fugir para dentro do mato, de acordo com a polícia, tendo sido capturado.

Ao revistar o local, a equipe encontrou 50 galões e uma quantidade de mais de 1.000 litros de combustível, gasolina e etanol prontos pra revenda.

O homem preso foi encaminhado para 5° Distrito Policial, no Anjo da guarda, onde foi ouvido pelo e, em seguida, encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas. A operação teve intermédio da Seccional Sul, subordinada à SPCC.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.