Reabertura gradual

Academias reabrem nesta segunda-feira (22) em São Luís

Após três meses fechadas, as academias precisarão cumprir uma série de protocolos sanitários.
Imirante.com21/06/2020 às 09h24
Academias reabrem nesta segunda-feira (22) em São LuísRígido protocolos sanitários deverão ser cumpridos. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS – As academias instaladas na Grande São Luís voltam a funcionar nesta segunda-feira (22), após terem ficado cerca de três meses fechadas, devido à pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Saiba mais:

Bares e restaurantes voltam a funcionar dia 29 de junho, anuncia Flávio Dino

Igrejas adotam protocolo sanitário no retorno gradual das celebrações​

Entretanto, mesmo com a rebaertura, esses estabelecimentos precisarão seguir rígidos protocolos sanitários, a fim de evitar evitar a contaminação e contágio pela Covid-19.

O responsável por uma academia na capital maranhense, explica como o local funcionará neste ‘novo normal’. "Cada equipamento vai ter seu kit de limpeza. Na entrada, o aluno não precisar passar pela catraca, vai ter um colaborador medindo a temperatura dos alunos com um termômetro digital e checando o agendamento da aula. Não vai haver necessidade de contato", explica Vitor Telles, que é empresário no ramo.

Veja algumas regras na reabertura das academias:

- Máscaras só podem ser retiradas por alunos na área delimitada para o exercício, distante dois metros de outra pessoa;

- Orientadores e personal trainers devem ficar de máscara o tempo todo;

- A área individual de exercícios deve ser limitada por uma fita;

- A ocupação dentro das academias é de 1 pessoa a cada 4m² (ex: uma academia de 40m² só pode ter 10 pessoas dentro);

- Só metade das esteiras e aparelhos de cárdio pode ser usada;

- Deixar kit de limpeza (com álcool gel e toalha de papel) a cada três usuários, para limpeza dos equipamentos e pesos;

- A academia deve fechar pelo menos três vezes por dia por meia hora para limpeza;

- Vestiários em que não for possível manter o distanciamento devem ficar fechados;

- A água do bebedouro deve ser liberada apenas para uso de garrafas próprias;

- Os usuários com cabelos longos devem mantê-los presos;

- Devem ser feitas perguntas aos alunos antes da entrada para saber se têm sintomas;

- É preciso horário específico para idosos e grupos de risco;

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.