Em São Luís

Homem suspeito de envolvimento em explosão de agência é preso

Segundo a polícia, Patrick Horlando Viana Mendonça é suspeito de explodir caixas eletrônicos da agência do Bradesco do São Francisco.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil 26/09/2019 às 17h27
Homem suspeito de envolvimento em explosão de agência é preso Patrick Horlando Viana Mendonça foi encaminhado para o complexo penitenciário de pedrinhas onde ficará à disposição do Poder Judiciário. ( Foto: Divulgação / Polícia Civil)

SÃO LUÍS - Policiais civis, por meio Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (DCRIF/Seic), prenderam na tarde de quinta-feira (26), Patrick Horlando Viana Mendonça, suspeito de explodir caixas eletrônicos da agência do Bradesco. A ação aconteceu no dia 29 de agosto.

De acordo com informações da polícia, Patrick Horlando Viana Mendonça fugiu para o interior do Estado após a explosão dos caixas eletrônicos. Em posse de informações que Patrick Horlando estaria em uma van a caminho de São Luís, os policiais civis realizaram uma barreira na BR-135 e conseguiram prender o suspeito.

Patrick Horlando Viana Mendonça foi encaminhado para o complexo penitenciário de pedrinhas onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Prisões relacionadas ao caso:

Na tarde do dia 29 de agosto policiais civis prenderam Eduardo de Castro Oliveira e Gilcilene Nascimento Gomes no bairro Ilhinha. Segundo a polícia, eles são suspeitos de terem participado de uma explosão aos caixas eletrônicos da agência do Banco do Bradesco.

Ainda de acordo com a polícia, Eduardo de Castro Oliveira já é conhecido por liderar um grupo que tem praticado atos criminosos em São Luís.

Segundo o delegado Pedro Fernandes, do Departamento de Roubos a Bancos, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Gilcilene Nascimento Gomes escondia os artefatos que foram utilizados na prática do crime em uma residência.

As investigações continuam no sentido de localizar e prender o restante da associação criminosa responsável por esse delito.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.