Transporte público

Ônibus sem cobrador: sindicato confirma retirada de 20% da classe em São Luís

Alguns ônibus já estão circulando sem cobrador em fase de teste.
Imirante.com, com informações da Mirante AM27/05/2019 às 10h27
Ônibus sem cobrador: sindicato confirma retirada de 20% da classe em São LuísLinhas alimentadoras devem operar sem cobrador. (Foto: De Jesus/O Estado)

SÃO LUÍS – O vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Gilson Coimbra, confirmou a retirada de 20% dos cobradores do sistema de transporte coletivo de São Luís.

Em entrevista à Rádio Mirante AM, na manhã desta segunda-feira (28), Gilson explicou que apenas as linhas alimentadoras deixarão de ter cobrador dentro do coletivo. Essas linhas realizam trajeto somente dentro de bairros ou de uma região específica e têm como objetivo garantir o transporte do bairro para algum terminal de integração.

Ele ressaltou que o motorista, neste caso, precisará receber o pagamento da passagem e dar o troco sempre que for preciso. Por isso, as viagens devem durar mais tempo já que o motorista permanecerá na parada até concluir todo este procedimento.

Além disso, o motorista também ficará responsável pelo embarque de pessoas com necessidades especiais, tendo que operar o elevador do ônibus.

Os cobradores que forem desligados das funções deverão ser direcionados a outros setores da empresa. Alguns ônibus já estão circulando sem cobrador em fase de teste.

Em nota, a diretoria do SET menos de 5% da frota já está circulando sem o cobrador nos ônibus, e não 20% como foi informado.

Veja nota na íntegra

Em nota a Ditetoria do SET / Sindicato das Empresas de Transportes de São Luís esclareceu que está havendo um ruído sobre o número real de ônibus que estão circulando sem cobradores atualmente na Ilha de São Luís. Segundo o SET, menos de 5% da frota já está circulando sem o cobrador nos ônibus, e não 20% como foi informado. Nesse período de testes, todos os ajustes serão feitos para garantir que o processo aconteça a contento, a exemplo de todas as demais cidades brasileiras que já adotaram a automatização da frota.

Ouça a entrevista:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.