Acusado de mais um crime

Polícia cumpre mandado de prisão contra jovem acusado de homicídio

Matheus Melo da Silva é o principal suspeito de assassinar Lucas Silas Santos de Almeida, na Vila Janaína.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil 30/03/2019 às 08h45

SÃO LUÍS - Na tarde dessa sexta-feira (29), a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) deu cumprimento a mandado de prisão temporária em desfavor de Matheus Melo da Silva, 18 anos, conhecido por "Matheusinho", principal suspeito de assassinar Lucas Silas Santos de Almeida.

Matheus Melo da Silva já está preso desde a última segunda-feira (25), quando foi cumprido um mandado de prisão de preventiva por assalto. / Foto: Divulgação.

Segundo a Polícia Civil, o homicídio aconteceu no dia 10 de março deste ano, por volta das 18h, na Rua Cafeteira, na Vila Janaína, em São Luís.

Relembre o caso: Dois jovens de 18 anos são vítimas de homicídios em São Luís

As investigações apontaram que Lucas Silas estava fazendo compras em um comércio, quando foi surpreendido por Matheusinho e um comparsa, que efetuaram vários disparos de arma de fogo contra Lucas, que morreu no local.

Matheus Melo já está preso desde a última segunda-feira (25), quando foi cumprido um mandado de prisão de preventiva por assalto. Segundo a polícia, "Matheusinho" é apontado como autor de um assalto ao posto de saúde da Vila Janaína, além de homicídios na região da Cidade Olímpica, em São Luís.

Relembre o caso: Jovem é preso acusado de assaltar posto de Saúde na Vila Janaína

Matheus Melo da Silva tem várias passagens pela polícia como adolescente infrator.

Veja os antecedentes criminais:

16/2/2015 (PCOP) roubo qualificado pelo emprego de arma - adolescente infrator

2/10/2015 (Decop) - roubo qualificado pelo concurso de pessoas - adolescente infrator

12/11/2015 (Decop) - roubo qualificado pelo emprego de arma - adolescente infrator

5/2/2016 (PCOP) - furto

24/12/2016 (PCH) homicídio doloso - adolescente infrator

3/04/2017 (DAI) - lesão corporal dolosa - adolescente infrator

8/10/2018 (PCOP) - receptação

10/3/2019 (PCH) - homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.


Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.