Assalto a ônibus

Preso um dos suspeitos de participar do latrocínio em ônibus no Monte Castelo

José Benedito Maranaldo Júnior, 19 anos, foi identificado após a polícia localizar um Iphone roubado no assalto ao coletivo.
Imirante.com26/03/2019 às 16h03
Preso um dos suspeitos de participar do latrocínio em ônibus no Monte CasteloJosé Benedito Maranaldo Júnior confessou ter dado apoio ao assalto. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Na tarde desta terça-feira (26), a Polícia Civil prendeu um dos suspeitos de ter envolvimento no latrocínio contra Alexsandre Dias Rodrigues, de 39 anos, que foi morto com um tiro na cabeça, durante o assalto a um ônibus no bairro do Monte Castelo, na noite dessa segunda (25).

Relembre o caso:

Identificado passageiro morto em assalto a ônibus no Monte Castelo

Polícia Civil investiga morte de passageiro de ônibus

Homem é assassinado em assalto a ônibus no bairro do Monte Castelo, em São Luís

Segundo informações da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), José Benedito Maranaldo Júnior, 19 anos, foi identificado pelo Serviço de Inteligência como um dos envolvidos no assalto, após a polícia localizar um Iphone roubado na ação criminosa.

A identificação do suspeito foi feita, ainda na noite dessa segunda (25), mas a prisão de José Benedito só foi realizada nesta terça. No período da manhã, uma equipe da SHPP fez incursões pelo bairro da Liberdade, na residência de José, mas o jovem havia se evadido. Em busca posterior, uma equipe da Polícia Militar conseguiu efetuar a prisão do suspeito, que foi levado para a Superintendência de Homicídios.

Em interrogatório na SHPP, José Benedito Maranaldo Júnior confessou ter dado apoio ao assalto, seguindo o ônibus em uma motocicleta, dando fuga ao autor do latrocínio logo após o mesmo descer do coletivo. Segundo a polícia, o que chama a atenção é que José Benedito estava usando uma tornozeleira eletrônica, o que não o impediu de participar do assalto. José já tem quatro passagens pela polícia por roubo a coletivo e a residência.

Segundo o delegado Felipe Cesar da SHPP, a polícia já identificou o autor dos disparos, que é maior de idade e também tem várias passagens pela polícia. O nome ainda não divulgado para não atrapalhar as investigações. O delegado afirma que há possibilidades de o criminoso ter fugido para o interior do Estado após o latrocínio, mas a polícia está à procura do mesmo.

Ouça, na reportagem de Alessandra Rodrigues, da Mirante AM, mais detalhes do caso:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.