Feminicídio

Preso suspeito de matar adolescente grávida em São João Batista

O homem, suspeito de praticar o feminicídio, era companheiro da vítima.
Imirante.com17/10/2020 às 11h53
Preso suspeito de matar adolescente grávida em São João BatistaDulcimara Pinto Ferreira, uma adolescente de 16 anos, estava grávida. (Foto: Divulgação/Redes Sociais)

SÃO JOÃO BATISTA - A Polícia Civil do Estado do Maranhão prendeu, nessa sexta-feira(16), um homem suspeito de matar a companheira, com um disparo de arma de fogo. O crime aconteceu no mês de julho, deste ano, no povoado Arrebenta, na cidade de São João Batista.

Conforme as investigações da Polícia Civil, quando foi assassinada pelo então companheiro, Dulcimara Pinto Ferreira, uma adolescente de 16 anos, estava grávida.

Após o crime, o suspeito fugiu e foi encontrado e preso, nessa sexta, na região do povoado Mangue Seco, do município da Raposa, Região Metropolitana de São Luís.

A operação foi realizada por policiais da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em articulação com a Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e Delegacia de Polícia de São João Batista, que segue investigando o caso.

Entenda o caso

A adolescente Dulcimara Pinto Ferreira, de 16 anos, morreu após ser alvejada com um tiro na cabeça. A vítima, que estava grávida de três meses, foi assassinada no dia 25 de julho, no povoado Arrebenta, na cidade de São João Batista, a 280 km da capital.

Segundo a Polícia Civil do Maranhão, o principal suspeito de ter cometido o crime é o companheiro da vítima.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.