Tiro nas costas

Delegado fala sobre morte de empreiteiro em Santa Luzia do Paruá

Segundo delegado, há indícios de que Wanderley era envolvido com crimes.
Imirante.com, com informações da Mirante AM14/08/2015 às 14h29

SANTA LUZIA DO PARUÁ – Um empreiteiro, identificado como Wanderley Alvino da Silva, 48 anos, conhecido como “Wanderley das Máquinas”, foi assassinado com um tiro nas costas no quintal de sua fazenda, às margens da BR-316, povoado Monte Dourado, em Santa Luzia do Paruá.

Segundo informações do delegado da cidade, Murilo Tavares Pereira, o crime aconteceu na noite dessa quinta-feira (13). O delegado disse, em entrevista à rádio Mirante AM, que segundo testemunhas, o empreiteiro estava lavando as mãos no quintal de sua casa, que fica perto de uma área de matagal. De repente, uma pessoa que estava dentro do mato disparou um tiro nas costas de Wanderley, que acabou morrendo.

Segundo dados preliminares da perícia, o crime pode ter sido cometido com arma de fabricação caseira.

Nenhum suspeito de praticar o crime foi preso ou identificado.

A vítima já foi Secretário de Agricultura na cidade de Junco do Maranhão e era marido de uma vereadora também em Junco do Maranhão. Há informações extraoficiais de que Wanderley era envolvido com práticas criminosas, e até um dos acusados de matar um empreiteiro de Bacabal em 2002. Mas, a Polícia Civil do Maranhão ainda vai investigar se essa informação procede, para saber se isso teve alguma ligação com o assassinato de Wanderley das Máquinas.

Ouça a entrevista que o delegado Murilo Tavares Pereira deu na rádio Mirante AM, contando detalhes sobre o caso:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.