Política | Demora

Flávio Dino critica demora na apreciação à indicação de André Mendonça ao STF

André Mendonça foi indicado para a Suprema Corte pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, no mês de julho deste ano
Ronaldo Rocha da editoria de Política28/09/2021 às 07h25
Flávio Dino critica demora na apreciação à indicação de André Mendonça ao STFDivulgação

SÃO LUÍS - O governador Flávio Dino (PSB) questionou a indecisão em relação à demora no Senado Federal, da apreciação do nome do advogado-geral da União, André Mendonça, para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Mendonça foi indicado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, no mês de julho deste ano. Até o momento, contudo, não houve apreciação no Senado para que ele seja efetivado na Suprema Corte.

"Sob a ótica do Direito Constitucional, não há dúvida de que o Senado pode rejeitar o nome de André Mendonça ou qualquer outro indicado ao STF. Mas, o Senado pode simplesmente não apreciar a indicação presidencial? Indefinidamente? Claro que não. Creio ser essa a tendência no STF", escreveu em seu perfil em rede social.

Cristão

Advogado da União desde 2000 e com pós-graduação em Governança Global, André Luiz de Almeida Mendonça assumiu a Advocacia-Geral da União no início do mandato de Bolsonaro, em janeiro de 2019. Foi procurador seccional da União em Londrina e também coordenou a área disciplinar da Corregedoria da AGU. Em abril do ano passado deixou a AGU, para assumir o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, no lugar de Sergio Moro. Em março deste ano, retornou ao comando da AGU após uma reforma ministerial.

Ele também é cristão e pastor, o que tem incomodado a ala de oposição ao presidente Jair Bolsonaro.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte