Planetário

Espaço da Ciência da UFMA será atrativo turístico de São Luís

Instituição inaugura planetário hoje e assina convênio com a prefeitura para torná-lo, além de um observatório, um dos cartões postais da cidade

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h16
Espaço da Ciência e do Firmamento terá auditórios, observatórios e uma cúpula, que está 80% concluída
Espaço da Ciência e do Firmamento terá auditórios, observatórios e uma cúpula, que está 80% concluída (planetário ufma)

São Luís - Universidade Federal do Maranhão lança hoje, às 15h30, no canal da instituição no YouTube, o Espaço da Ciência e do Firmamento – Planetário, que será um dos melhores veículos de Divulgação Científica do Brasil. Em alusão ao Dia Nacional da Ciência, a data escolhida marca o início da caminhada para concretização de um sonho, que teve início em 2010.

O Espaço da Ciência e do Firmamento – Planetário conta com uma área total construída de 4.709,27m², sendo o pavimento térreo de 2.829,57m² e o pavimento superior (terraço) de 1.879,70m². A edificação é composta de auditório, área livre coberta para exposições, lanchonete com área para mesas e cadeiras, banheiros, áreas administrativas, loja de souvenir de produtos da UFMA, terraço técnico para instalação de equipamentos, um grande terraço descoberto para colocação de telescópios para estudos astronômicos e para observação de astros por meio de lentes e a olho nu, além da instalação de uma grande cúpula de projeção, toda em estrutura metálica e com revestimento em alumínio composto, realizando a integração entre o conhecimento científico produzido na UFMA, no Brasil e Mundo, com o objetivo de tornar a “Ciência um bem popular”.

Já foram adquirido alguns equipamentos para o funcionamento do sistema do Planetário, orçado em R$ 8.670.735,00, no entanto, é necessário firmar parcerias com órgãos governamentais federal, estadual e municipal, de fomento à pesquisa e com a iniciativa privada para alcançar os objetivos e evidenciar o esforço institucional na promoção da educação científica como um vetor fundamental, para que o Maranhão modifique os índices socialmente injustos, representando uma pequena etapa entre uma sequência de outras etapas, para atingir o grande público, em especial aos mais jovens, com programa de educação e formação de cientista no estado.

A obra do prédio teve início em 2015 e, em março de 2020, o reitor Natalino Salgado assinou a ordem de serviço para a construção da cúpula do Planetário da UFMA, financiada com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia. Orçada em R$ 688 mil, a obra já está com 80% concluída.

Convênio

Para popularizar o espaço e torna-lo ponto turístico da capital maranhense, o reitor Natalino Salgado assinará, amanhã, dia 8, durante a solenidade de lançamento do Espaço da Ciência e do Firmamento – Planetário, um convênio com a Prefeitura de São Luís, para que o espaço seja inserido no roteiro de pontos turístico da cidade.

Parceria com CLA

Semana passada, a UFMA firmou parceria com a Universidade Federal do Piauí (UFPI) e o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) para incentivar a valorização e a popularização da ciência nas suas diferentes áreas do saber, destacando a importância das duas instituições de ensino superior e do centro espacial para para o desenvolvimento científico-tecnológico do Brasil.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.