Mudanças

Pesquisa aponta que 53% dos brasileiros consideram mudar de emprego devido à pandemia

Pesquisa apontou que 53% dos brasileiros consideram mudar de emprego; dentre os principais motivos estão manter um equilíbrio entre vida pessoal e profissional, além do desejo de ter um salário mais alto

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h17
(emprego)

São Paulo- Em meio à uma pandemia global da covid-19, 53% dos profissionais brasileiros consideram mudar de emprego nos próximos 12 meses, de acordo com uma pesquisa realizada pela Kaspersky. O relatório, intitulado "Protegendo o Futuro do Trabalho", também apontou que 30% dos entrevistados do País preferem permanecer no emprego atual e outros 17% afirmaram não ter uma opinião formada sobre esta questão.

A pesquisa também apontou grande diferença no resultado do Brasil em relação ao resultado geral nesta intenção de mudança de emprego: globalmente, o índice cai para 35%. Dentre os principais motivadores para mudança na carreira dos brasileiros, estão a manutenção de um equilíbrio justo entre a vida pessoal e profissional (50%) e o desejo de receber salário mais alto (49%). Isso porque a pandemia permitiu que esses profissionais passassem mais tempo em casa com a família, além de buscar novos interesses pessoais e descobrir novos hobbies.

Repensar
Já procurar uma função mais significativa é o terceiro motivo mais importante apontado (31%) pelos entrevistados. É muito provável que os eventos online de 2020 tenham permitido aos funcionários repensar seu formato de trabalho, bem como perceber o valor de seu tempo e como pretendem aproveitá-lo.

Reduzir a quantidade de tempo trabalhado ou stress por trabalho também motiva 31% dos entrevistados e 14%, elencaram que a mudança tem relação de trabalhar por prazer.

"Ao refletirem sobre seus desejos e capacidades, os profissionais criam uma realidade de trabalho. Tanto mudando de emprego quanto mantendo suas funções atuais, eles se empenham em manter os benefícios do trabalho remoto e em ambientes mais confortáveis. Mas, para isso, precisam aplicar a atitude adequada, aprender a ser flexíveis e trabalhar de maneira mais inteligente. E, claro, precisam assumir a responsabilidade por sua confiabilidade e segurança. Afinal, isso pode até se tornar uma vantagem competitiva aos olhos dos empregadores", comenta Claudio Martinelli, diretor-geral da Kaspersky para a América Latina.

Para saber como será o futuro do trabalho, a Kaspersky desenvolveu um jogo online: " Own Your Future". Ao conduzir os jogadores por um dia de trabalho, o jogo mostra os hábitos e decisões que ajudarão os profissionais para decidir sobre seu futuro.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.