Cidades | Pandemia

Defensoria aciona Poder Judiciário por "lockdown" em Imperatriz

A medida seria uma tentativa para combater propagação do coronavírus na região
Com informações da assessoria 15/05/2020 às 10h17
Defensoria aciona Poder Judiciário por "lockdown" em Imperatriz Divulgação

SÃO LUÍS - A Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE) protocolou Ação Civil Pública (ACP), na quinta-feira (14), junto à Vara da Fazenda Pública da Comarca de Imperatriz, solicitando o bloqueio total, da cidade tocantina. A Ação foi assinada pelos defensores públicos de Imperatriz

Os defensores afirmam que as estatísticas resultam em saturação da rede pública de saúde. Conforme dados oficiais do portal da transparência do Município, acerca da ocupação dos hospitais locais, há um índice total de 96% dos leitos de UTI Adulto em utilização. Acredita-se que, embora possua alto custo econômico, a medida é fundamental e eficaz para redução da curva de casos e dará tempo para reorganização do sistema em situação de aceleração descontrolada de casos e óbitos.

Na ACP, o Núcleo Regional da DPE em Imperatriz ressaltou os números alarmantes e crescentes dos casos de contaminação. Até a noite de ontem (14) Imperatriz, maior município da Região Tocantina, possui 523 casos confirmados e 35 óbitos.

A ACP, além de medidas que combatam propagação do vírus na cidade, também cobrou de Estado e Município ações de estruturação dos serviços de atenção à saúde da população para atender à demanda de infectados com a Covid-19 em seu período de pico, com consequente proteção do Sistema Único de Saúde, bem como o suprimento de equipamentos, como leitos, EPI's, respiradores e testes laboratoriais, contratação de mais médicos, enfermeiros, demais profissionais de saúde, dentre outras.

O “lockdown” representa o bloqueio total de circulação de pessoas nas cidades. É uma ação mais restritiva que o isolamento social visando combater a propagação do novo Coronavírus (Covid-19). No geral, apenas serviços considerados essenciais podem funcionar, e a população pode sair apenas para comprar alimentos, remédios ou buscar auxílio médico.

Novos Leitos

Em coletiva realizada na manhã de ontem, o Governador Flávio Dino anunciou a construção de novos leitos para o Região Tocantina do estado. Ao total, a região vai receber 56 leitos de UTI's e 306 enfermarias.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte