Política | Crise no Planalto

Ex-ministro Sérgio Moro denuncia "campanha" fake para desqualificá-lo

Segundo o ex-magistrado, a ação estaria sendo executada nas próprias ferramentas digitais (facebook e WhatsApp) para disseminar informações contrárias a ele
Thiago Bastos / O Estado26/04/2020 às 15h25
Ex-ministro Sérgio Moro denuncia "campanha" fake para desqualificá-loMoro aponta complô contra ele nas redes (Divulgação)

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, usou no início da tarde deste domingo (26) as redes sociais para, segundo ele, denunciar uma campanha de "fake" contra ele. Segundo o ex-magistrado, a ação estaria sendo executada nas próprias ferramentas digitais (facebook e WhatsApp) para disseminar informações contrárias a ele.

Apesar da denúncia, Moro escreveu em sua conta oficial no Twitter que "não está preocupado". De acordo com ele, a pressão sofrida durante a Operação Lava Jato o blindou de outras pressões. "Já passei por isso durante e depois de Lava Jato", afirmou.

Por fim, Moro se referiu ao lema preconizado por ele durante sua permanência na pasta federal. "Verdade acima de tudo. Fazer a coisa certa acima de todos", disse.

Sérgio Moro pediu exoneração do cargo de ministro na sexta-feira (24) após discordar da mudança na direção da Polícia Federal (PF) executada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte