Conquistas

Mulheres ocupam 65% dos cargos de liderança e 70% do quadro no HSD

Percentual de gestoras do Hospital São Domingos está acima da média nacional; prática demonstra a valorização feminina

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h20
Brinde coletivo às conquistas da mulher
Brinde coletivo às conquistas da mulher (Hospital São Domingos)

O Hospital São Domingos dá um grande exemplo de valorização da mulher. Elas são maioria nas funções administrativas e assistenciais do hospital ocupando 70% do quadro funcional e 65% dos cargos de liderança, recebendo a mesma média salarial que os demais gestores. Esta realidade demonstra o respeito e o valor que o São Domingos dá à mulher.

As colaboradoras e lideranças - diretoras, gerentes, coordenadoras, chefes, supervisoras e dirigentes de departamentos - cada vez mais demonstram a competência e o empoderamento da mulher no Hospital São Domingos, que também tem entre seus fundadores, uma mulher, Maria Antônia Andrade da Silva.

Em números absolutos, significa que dos 179 gestores do Hospital São Domingos, 116 são mulheres, e de 3.000 colaboradores, 2.100 são do sexo feminino.

Acima da média
O percentual de gestoras do Hospital São Domingos está acima da média nacional. Segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) em 2017, divulgados pelo Ministério da Economia/Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, as mulheres ocupavam 43,8% dos cargos de gestão do Brasil, percentual que representava um crescimento a comemorar. A estatística mostra ainda que nos setores de atividade econômica, as mulheres são maioria apenas na administração pública, no qual ocupavam 61,7% dos cargos de chefia.

Segundo a gerente de Gestão de Pessoas do Hospital São Domingos, Andrea Amaral, esta prática demonstra a valorização feminina pelo Grupo São Domingos. “A mulher, cada vez mais conquista seu espaço no mercado de trabalho e mostra sua competência e marcante atuação e nós só reforçamos isso, valorizando-a e enriquecendo nossa equipe com executivas e colaboradoras. Para nós, é gratificante e um orgulho mostrar que a maior parte da nossa equipe de colaboradores e lideranças é formada por mulheres e estarmos protagonizando essa importante conquista da mulher no mercado maranhense”, afirma ela.

A gerente afirma que a presença feminina marcante no hospital é bastante positivo. “O mercado de trabalho necessita de profissionais qualificados, atualizados e comprometidos e este é o perfil atual das mulheres. Atuamos no cuidado a pessoas e a figura feminina, além da competência técnica, passa para a sociedade sentimentos de dedicação, carinho, atenção, passando a ser, desta forma, uma profissional completa para a assistência de qualidade que prestamos aos nossos pacientes”, completa Andrea Amaral.

Homenagens
E na semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher (8 de março), o hospital prestou diversas homenagens às suas colaboradoras e pacientes, com recepção especial na chegada ao trabalho; almoço especial; café da manhã diferenciado; Momento Mulher que Transforma, com rodas de conversa sobre o papel transformador, autoempoderamento, força e outros aspectos da vida feminina. O momento de conversa foi realizado, na sexta-feira,6, com um formato interativo para que todas participassem e dessem suas opiniões sobre os temas e teve também a apresentação de uma dança cigana e distribuição e sorteio de brindes alusivos à data.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.