Alternativo | Comentário

A ''Teoria do Medalhão'' de Machado de Assis e o jovem da atualidade

O escritor Machado de Assis escreveu diversos contos, entre eles, "Teoria do Medalhão", datado de 1881; o texto promove diversas reflexões, como o comportamento do jovem com relação à aparência e essência
Nelson Melo/ De O Estado15/02/2020

SÃO LUÍS- Joaquim Maria Machado de Assis, sem sombra de dúvidas, é um dos maiores escritores de todos os tempos. Nascido no Rio de Janeiro, em 21 de junho de 1839, ele foi revisor de provas de tipografia. Seu primeiro romance foi “Ressurreição”, publicado em 1872. O intelectual também escreveu contos, sendo um deles a “Teoria do Medalhão”. Nesta obra, o autor fornece conotações interessantes, como a prevalência da aparência com relação à essência do ser humano, algo que adquire uma reflexão sartriana. Essa característica é muito frequente entre os jovens, incluindo os adeptos da “vida loka”.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte