Alto custo

Bolsonaro demite membro da Casa Civil que usou avião da Força Aérea

Vicente Santini usou avião da Força Aétrea para viajar para a Índia

José Linhares Jr

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h21
Bolsonaro não gostou da atitude do membro do governo
Bolsonaro não gostou da atitude do membro do governo (Bolsonaro)

O presidente Jair Bolsonaro confirmou na manhã desta terça (28) que o secretário executivo da Casa Civil, Vicente Santini, será exonerado do cargo. A decisão foi tomada após Vicente usar avião da Força Aérea Brasileira para viajar à Índia.

Na saída do Palácio do Alvorada pela manhã, Bolsonaro disse que o uso do avião é inadmissível. “Já está destituído. Isso foi decidido por mim”, anunciou.

Santini ocupa interinamente a vaga do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que está de férias. Dessa forma, o interino detinha o direito de requisitar o avião da FAB na condição de ministro em exercício.

Durante o anúncio da demissão de Santini, Bolsonaro afirmou que a atitude gerou custos de viagens altíssimos. O presidente também lembrou que os ministros Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Tereza Cristina (Agricultura) usaram aviões comerciais para seguir para o mesmo destino, atitude que deveria ter sido seguida por Santini.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.