O Mundo | Repressão

Sudão revoga lei que controlava o comportamento das mulheres

Medida foi aprovada por governo de transição que sucede os 30 anos de Omar al-Bashir no governo; partido do ex-ditador também foi extinto
30/11/2019

CARTUM — O governo de transição do Sudão pôs um fim a uma lei que controlava a maneira como as mulheres se comportavam e vestiam em público. Paralelamente, o país anunciou também a dissolução do partido do ex-ditador Omar al-Bashir, deposto em abril após 30 anos no poder , pressionado por uma onda de protestos com ampla participação feminina. Ambas as medidas foram celebradas com festas nas ruas de Cartum.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte