O Mundo | Manifestação

Violência em protestos no Iraque deixa mortos

Número de mortos ultrapassa os 260 em quase um mês de protestos contra o primeiro-ministro Adel Abdul-Mahi. Manifestantes também acusam o Irã de estar por trás do atual governo iraquiano
05/11/2019

IRAQUE - Manifestantes cruzaram ontem,4, uma das principais pontes de Bagdá, capital iraquiana, rumo à emissora de TV estatal e a sede do governo do primeiro-ministro Adel Abdul-Mahdi. Forças de segurança abriram fogo, e ao menos cinco pessoas morreram – cifra que eleva o número de mortos para além de 260 desde o início dos protestos no Iraque, no início de outubro.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte