Geral | Boa notícia

Número de queimadas na Amazônia em outubro é o menor da história

Monitoramento por detecção de calor mostrou que incidência de queimadas foi o mais baixo desde o início do monitoramento
O Estado MA01/11/2019 às 16h14
Número de queimadas na Amazônia em outubro é o menor da históriaReprodução

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) afirmam que outubro de 2019 apresentou o menor número de queimadas na Amazônia da história do monitoramento. Desde o início dos estudos o menor número de focos ocorreu em 1998 com 8.777 detecções de calor. O mês de outubro de 2019 teve um registro de 7.855.

Segundo o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), não há um motivo específico para a queda do fogo na Amazônia. A temporada de chuva começou em algumas regiões, assim como houve uma redução nas queimadas intencionais - reflexo da repercussão do fogo e também do índice alto no mês de agosto. Além disso, ocorreu a implementação da Operação da Garantia da Lei e da Ordem Ambiental (GLO), comandada pelo Exército Brasileiro por meio de um decreto do governo federal para combater crimes ambientais.

"Este ano reduziu muito na Amazônia, mas ainda temos muitas áreas secas que poderiam estar queimando e não estão. Isso prova que uma pressão social e do mercado tem um efeito, quando existe uma resposta política" - Ane Alencar, pesquisadora do Ipam.

Os números de queimadas no Brasil foram retirados do Programa Queimadas, que é gerenciado pelo Inpe. O satélite Aqua é usado como referência para garantir uma comparação correta e garantir o histórico mais similar à realidade, de acordo com o especialista Alberto Setzer.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte