COLUNA

Quem escolher agora?

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22

O PCdoB já iniciou no fim de semana, após publicação da pesquisa de intenção de votos para a Prefeitura de São Luís, realinhamento de seus planejamentos para o próximo ano. Com uma candidatura publicamente já escolhida (a preferência por Rubens Júnior – secretário de Cidades do Estado), o partido comandado pelo deputado federal Márcio Jerry já fala na possibilidade de outro comunista na disputa.
O que Jerry não diz publicamente, mas nos bastidores é sabido, é que Duarte Júnior não é e nem deverá ser um possível candidato do PCdoB à Prefeitura de São Luís.
Com um perfil mais desprendido às obediências ao Palácio dos Leões, Duarte Júnior, apesar dos números favoráveis, é visto no PCdoB como um inimigo a ser combatido. Mesma postura se dá em outras legendas governistas, principalmente o DEM, cujo candidato – Neto Evangelista – mantém, pela pequisa Escutec/O Estado, uma disputa acirrada com Duarte Júnior.
Resta saber como o PCdoB vai se posicionar. O presidente da legenda, deputado Márcio Jerry, garante que a legenda vai analisar com calma os nomes em questão para depois (com cautela) escolher o mais competitivo.

Reação
A pesquisa Escutec/ O Estado foi repercutida pelos pré-candidatos a prefeito de São Luís. O deputado Eduardo Braide (sem partido) agradeceu a confiança dos eleitores da capital.
Outros nomes como Duarte Júnior (PCdoB) e Neto Evangelista (DEM) falaram em reconhecimento do trabalho desenvolvido por eles na Assembleia Legislativa.
Outros nomes já postos como prováveis candidatos, como Wellington do Curso, acreditam que ainda há tempo para trabalhar junto à sociedade uma candidatura para 2020.

Fracasso
Mas, nenhuma posição chamou mais atenção do que a do secretário de Cidades, Rubens Júnior (PCdoB).
Nas redes sociais, Rubens Júnior chegou a negar que tenha dito que é candidato à Prefeitura de São Luís. Mas, na prática, ele mesmo admitiu que quando do lançamento do programa Nosso Centro, o comunista se posicionou como o novo nome na disputa de 2020.
O PCdoB falou abertamente do programa para viabilizar Rubens. Mas, pelos dados da pesquisa, o secretário não deve ir longe se insistir na candidatura.

Difícil
Ainda sobre a pesquisa Escutec/O Estado, ficou claro que o Palácio dos Leões terá que decidir se vai dar as mãos ao deputado Duarte Júnior para ser um nome para competir em São Luís.
Ou se manterá as dificuldades para o parlamentar sair para a disputa em nome de Rubens Júnior. Nos bastidores, os comunistas tentar viabilizar um nome que não cause tantos enfrentamentos internos quanto o de Duarte.
Há quem defenda (dentro do PCdoB) uma ampla aliança para a candidatura de Neto Evangelista (DEM).

Incomum
O caso do prefeito afastado de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, com sua família anda cada dia mais incomum.
Por meio das redes sociais e em uma nota distribuída para a imprensa, a filha do comunista, Nathalia Dutra, afirma que desconhece o paradeiro do pai.
Segundo ela, a esposa de Dutra, Nubia, assumiu a responsabilidade de retirar o prefeito do hospital sem a alta médica.

Caso de polícia
Na sábado, 19, Nubia Dutra concedeu entrevista coletiva afirmando que o marido receberia alta médica e que a intenção era levá-lo para continuar o tratamento em São Paulo.
Neste dia, Domingos Dutra tinha recebido alta, na verdade, da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) indo para o apartamento.
Como Nubia Dutra tirou o prefeito do hospital sem conhecimento da família, Nathalia Dutra e seu irmão, Daniel, registraram um boletim de ocorrência contra a madrasta.

Defesa
O deputado federal Pastor Gildenemyr (PL) defendeu o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) que prevê a relação comercial da Base de Alcântara no encontro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Segundo o parlamentar, os valores que possibilitarão investimentos no Maranhão e em Alcântara não podem deixar de ser considerados.
“Estamos atentos às questões sociais. Sabemos da importância. Em paralelo, sabemos também da importância do desenvolvimento social para nosso estado”, disse Gildenemyr.

DE OLHO

26ª colocação é onde se encontra o Maranhão no ranking da competitividade dos estados; até 2014, o estado ocupava a 20ª posição

E MAIS

• A pesquisa Escutec/O Estado mexeu com as estruturas do PCdoB, já que o candidato preterido pela legenda, Duarte Júnior, se apresenta bem melhor que o preferido do Palácio dos Leões, Rubens Júnior.

• Quanto a Wellington do Curso, ele aparece em posição privilegiada, mas sabe que os problemas que tem que enfrentar são maiores que os já previstos no período eleitoral.

• O tucano terá que convencer o seu partido de que pode disputar e ganhar a eleição para prefeito. O PSDB, na verdade, trabalha para compor com Eduardo Braide.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.