O Mundo | Na ONU

Brasil muda política de 27 anos e votará por embargo a Cuba

Resolução que pede fim do bloqueio à ilha é aprovada por Assembleia Geral da organização desde 1992, sempre com voto favorável do Brasil, que desta vez se alinhará aos Estados Unidos; Cuba enfrenta crise de combustíveis
19/10/2019

BRASÍLIA/NAÇÕES UNIDAS - O Brasil se prepara para romper uma tradição de quase três décadas e votar pela primeira vez, na Assembleia Geral da ONU, a favor do embargo econômico, comercial e financeiro a Cuba , promovido pelos Estados Unidos desde 1962. A mudança de posição se insere na política de alinhamento do governo do presidente Jair Bolsonaro a Washington.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte