Alternativo | Feira do Livro

Djamila Ribeiro fará conferência na FeliS nesta segunda-feira (14)

Uma das vozes do feminismo negro brasileiro conversa com o público maranhense às 19h, no Multicenter Sebrae
13/10/2019 às 07h00
Djamila Ribeiro fará conferência na FeliS nesta segunda-feira (14)Djamila Ribeiro é presença na Feira do Livro de São Luís (Divulgação)

São Luís - A Feiro do Livro de São Luís (FeliS) receberá, nesta segunda-feira (14) a escritora Djamila Ribeiro. Ela fará conferência às 19h, no Auditório FeliS. O evento prossegue até o dia 20, no Multicenter Sebrae (Cohafuma), com programação gratuita, das 10h às 22h. A programação pode ser acessada no site www.feiradolivrodesaoluis.com.br.

A escritora é natural de Santos (São Paulo) e nasceu em 1980. É considerada uma das vozes mais ativas do feminismo negro brasileiro. Participa de debates sobre raça e gênero e é pesquisadora na área de Filosofia Política da Unifesp. Assina colunas nas revistas Carta Capital e Elle e nos sites Blogueiras Negras e Azmina.

Foi secretária-adjunta da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo na gestão de Fernando Haddad. Publicou "O que é lugar de fala?" (2017) e "Quem tem medo do feminismo negro?" (2018). Coordena uma coleção de livros sobre feminismo negro e racismo pela Editora Letramento.

Feira

Iniciada na última sexta-feira (11), a 13ª FeliS tem como tema “O Brasil atemporal na obra de Aluísio Azevedo”, destacando vida e obra do jornalista, romancista e diplomata ludovicense, representante do naturalismo na literatura brasileira e autor de obras como "O Mulato", "O Cortiço" e outras.

Além de Djamila Ribeiro, a FeliS terá como convidados escritores como Conceição Evaristo, Lopito Feijó, Cristóvão Tezza, Ninfa Parreira, Sônia Rosa, Milton Marques Júnior, Salgado Maranhão, Sérgio Luís e Renata Barcelos.

A Feira do Livro de São Luís vai realizar, em 10 dias de evento, mais de 600 atividades com mais de 100 autores locais. A previsão é de que o evento receba um público superior a 160 mil pessoas que poderão participar de oficinas, palestras, debates, rodas de conversas, exposições, contações de histórias, espetáculos, recitais de poesias, sessões de cinema entre outras atividades. A programação ocorrerá em mais de 30 ambientes com atividades acontecendo simultaneamente.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte