Trégua

Trabalhadores dos Correios suspendem greve no Maranhão

Em assembleia geral, categoria aprovou a proposta do TST de prorrogação do acordo coletivo de trabalho e agendamento de audiência para o dia 2 de outubro

Daniel Matos

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h23
Trabalhadores dos Correios votam, na assembleia geral, pela suspensão da greve
Trabalhadores dos Correios votam, na assembleia geral, pela suspensão da greve (Greve suspensa)

Em assembleia geral realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos do Maranhão (SINTECT), servidores decidiram pela suspensão da greve iniciada no último dia 11.
A categoria votou pela aprovação da proposta do ministro Maurício Godinho Delgado, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), de prorrogação do acordo coletivo de trabalho e agendamento da audiência para o dia 2 de outubro, além de seus desdobramentos para a categoria.

Na assembleia, os trabalhadores reafirmaram que a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) é a principal responsável pela deflagração da greve, uma vez que se retirou das negociações do acordo coletivo de trabalho e levou o movimento da categoria ao dissídio coletivo.

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos do Maranhão (SINTECT) convocou os servidores a continuarem mobilizados e a participarem das ações realizadas pela entidade em defesa da não privatização da empresa.

Dentre as ações definidas estão a coleta de assinaturas para o abaixo-assinado, panfletagens, diálogo com a sociedade, amigos e familiares dos trabalhadores sobre o impacto da privatização para a vida dos empregados dos Correios, suas famílias e da sociedade.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.