Estado Maior | COLUNA

Mais um...

01/08/2019

O cenário pré-eleitoral de São Luís ainda está indefinido e é sem dúvida um dos mais complexos de todos os municípios do Maranhão.
Até a última terça-feira, por exemplo, pelo menos 14 nomes já haviam sido citados por partidos políticos, lideranças e/ou pesquisas dos mais diversos institutos que vez por outra aparecem na capital. É de longe o maior número de pré-candidatos já citados para o pleito de 2020 em todos os 217 colégios eleitorais do Maranhão.
Para a disputa do próximo ano, portanto, já haviam sido citados até terça-feira os deputados estaduais Adriano Sarney (PV), Neto Evangelista (DEM), Wellington do Curso (PSDB), Duarte Júnior (PCdoB) e Yglésio Moisés (PDT); os deputados federais Eduardo Braide (PMN) e Bira do Pindaré (PSB); o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT); o vereador Astro de Ogum (PR); o secretário de Estado de Cidades, Rubens Júnior (PCdoB); o secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Ivaldo Rodrigues (PDT); o ex-prefeito de São Luís Tadeu Palácio (sem partido); o ex-deputado Victor Mendes e o juiz federal Roberto Veloso.
Mas não para por aí. Ontem, o jornalista de O Estado Gilberto Léda revelou a articulação por mais um nome, defendido por uma ala do PDT: trata-se do senador Weverton Rocha.
Rocha, aliás, que tem defendido a pré-candidatura de Osmar Filho - vale ressaltar -, surgiria como um ponto de harmonia dentro do grupo do governador Flávio Dino (PCdoB), que concentra o maior número de pré-candidatos entre os já citados. Grupo este que corre o risco de se esfarelar justamente por falta de sintonia em torno de um só nome.
Com mandato no Senado assegurado até 2026 [foi eleito para 8 anos de exercício no cargo], Weverton Rocha pesa na balança. Resta saber agora qual o real impacto de uma eventual candidatura à Prefeitura de São Luís, tendo em vista que o seu projeto já definido é a disputa pelo Governo em 2022, na sucessão ao próprio Flávio.
Ou haverá mudanças de planos?

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte