COLUNA

Para manter as atenções

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h23

Já de volta ao comando do Executivo - depois de alguns dias de “férias” em Brasília -, o governador do Maranhão segue imbuído da missão de se fazer evidente no debate nacional, de olho em uma possível candidatura a presidente da República, em 2022.
Na segunda-feira, ele, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Guilherme Boulos (PSOL-SP), assinaram uma nota defendendo a liberdade de imprensa e pedindo o afastamento do ministro Sergio Moro e do procurador Deltan Dallagnol de suas funções.
O documento também é subscrito pelo ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho, o ex-senador Roberto Requião e a ex-candidata à vice-presidência da República Sônia Guajajara, e se baseia em atos e falas de representantes do governo federal decorrentes da publicação de mensagens, pelo site The Intercept Brasil, trocadas entre o Moro e procuradores da Lava Jato.
- São absurdas as ameaças contra o jornalista Glenn Greenwald [americano, fundador do The Intercept Brasil], seja por palavras do presidente da República ou por atos ilegais, a exemplo da portaria 666, do Ministério da Justiça - diz o texto.
Mais uma demonstração de que o comunista maranhense efetivamente está interessado em se manter em alta na cena nacional.

Reação
No Twitter, o deputado estadual Adriano Sarney (PV) teceu duras críticas à manifestação de Flávio Dino, Fernando Haddad (PT) e Guilherme Boulos (PSOL) após a nota conjunta.
Segundo ele, o trio defende “trombadinhas” que hackearam aparelhos celulares de autoridades brasileiras.
Ele lembrou ainda que, enquanto fala em liberdade de expressão à imprensa nacional, processa duas dezenas de jornalistas no Maranhão.

Articulação
O vereador Astro de Ogum (PL) mantém ativo seu projeto de candidatura a prefeito de São Luís em 2020.
Na manhã de ontem, participou de uma reunião da cúpula do MDB no Maranhão. Até o ex-presidente José Sarney estava presente.
- O encontro, que contou com o ex-presidente José Sarney, teve como principal pauta assuntos relacionadas às eleições 2020 - destacou publicação do parlamentar no Instagram.

Filiação
O prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahésio Rodrigues, deve anunciar nos próximos dias sua desfiliação do PSDB, partido pelo qual se elegeu.
Gestor de uma das únicas três cidades onde o presidente Jair Bolsonaro (PSL) venceu Fernando Haddad (PT) no segundo turno no Maranhão, em 2018, ele deve filiar-se ao PSL.
Na segunda-feira, 29, ele esteve em São Luís, em reunião com a cúpula da legenda, alinhando detalhes sobre sua chegada.

Transparência
Devido ao descumprimento da implantação do Portal da Transparência do Município e da Câmara de Presidente Médici, o MPMA propôs ações de obrigação contra o Executivo e contra o Legislativo.
Nas manifestações do promotor Hagamenon Azevedo, requereu-se, liminarmente, que a administração municipal e a Câmara implantem efetivamente os portais, no prazo de 20 dias.
Em caso de descumprimento, foi sugerido o pagamento de multa diária de R$ 1 mil, a ser paga pelo prefeito e pelo presidente da Câmara. Também foi requerido bloqueio do recebimento de transferências voluntárias.

Fiscalização
A Prefeitura de Imperatriz criou neste mês a Rede de Fiscalização para acompanhamento da execução dos recursos referentes ao precatório do antigo Fundef (hoje Fundeb).
Em atendimento ao artigo 55 da Lei Orgânica Municipal, a medida é uma das etapas estipuladas no acordo firmado entre o Município de Imperatriz e a União para liberação de cerca de R$ 94 milhões, destinados à educação municipal.
A Rede de Fiscalização é constituída por órgãos e entidades como a Procuradoria Geral do Município, Câmara, MPMA, Conselho do Fundeb, Conselho Municipal de Educação, sindicato e TCE.

Estável
Para além dos boatos sobre a morte do prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), a coluna apurou que o gestor segue em situação complicada.
Depois de um AVC hemorrágico e de uma complicada cirurgia para retirada de um hematoma da cabeça, o comunista tem estado de saúde considerado delicado, mas estável.
Segundo pessoas que o acompanham no hospital, as últimas informações dos médicos dão conta de que a pressão intracraniana diminuiu, bem como o edema, o que deve garantir diminuição da sedação em breve.

DE OLHO

R$ 5,1 bilhões é o total das despesas do Estado do Maranhão com fornecedores até o momento no ano de 2019, segundo dados do Portal da Transparência.

E MAIS

• A declaração do senador Weverton Rocha (PDT) sobre candidatura do vereador Osmar Filho (PDT) soou como recado ao Palácio dos Leões.

• Não houve vítimas no caso do desabamento do teto do ginásio da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal (APCEF) em São Luís.

• De olho num protagonismo nas eleições de 2020 em São Luís, o vereador Honorato Fernandes segue em campanha pela presidência do PT.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.