Estado Maior | COLUNA

Confirmação de saques

10/07/2019

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) confirmou em nota, a O Estado, que considera ilegais os repasses da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) aos cofres do governo estadual.
Segundo a agência, são mais de R$ 140 milhões que deveriam ser repassados ao Porto do Itaqui e não à gestão estadual.
Os argumentos da Antaq, ao que parece, já estão sendo confrontados na Advocacia-Geral da União (AGU) pelo Governo do Estado. Pelo menos, é isso que argumenta o líder do governo na Assembleia Legislativa, Rafael Leitoa (PDT), em discurso na Casa.
No entanto, a defesa do governista vai de encontro com o que diz a AGU, a Antaq e o Ministério da Infraestrutura. A pasta federal deixou claro a O Estado que o governo do Maranhão busca uma negociação para pagamento do valor retirado do Porto do Itaqui.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte