Polícia | Velado

Grupo Velado em vias de ser extinto da Polícia Militar

Denúncia foi feita ontem a O Estado por policiais que estão sendo transferidos, mas o comando da PM, em nota, negou que esse fato esteja sendo cogitado
Ismael Araújo11/06/2019

SÃO LUÍS - Uma denúncia anônima encaminhada a O Estado revela que o Grupo do Serviço Avançado (GSA), conhecido como Velado, vai ser extinto pelo comando da Polícia Militar. Há informações de que alguns batalhões não estão mais adotando esse tipo de policiamento na Ilha.

Ainda de acordo com a denúncia, o GSA foi criado como forma de contribuir no combate a criminalidade, principalmente na desarticulação de grupos criminosos especializados na venda de droga, roubo em coletivos, a residência e a outros tipos de ações ilegais.

A maioria dos batalhões está acabando com serviço velado e os policiais estão sendo empregados em outras missões no quartel. A denúncia enfoca que a ausência do GSA nas ruas tem contribuído para o aumento da criminalidade na Região Metropolitana de São Luís.

O GSA, neste ano, já tirou vários criminosos de circulação. Um deles foi o criminoso identificado como Caveirinha, acusado de assalto a coletivos, e prendeu, também, suspeitos de roubo de caminhonetes, assaltante do posto de saúde da Vila Janaína, do duplo homicídio do bairro da Pirâmide, faccionados. Além disso, apreenderam armas de fogo e drogas.

Controvérsia

O Comando da Polícia Militar do Maranhão, por meio de nota, comunicou que a informação é improcedente e que em momento algum se cogitou reduzir ou extinguir o Serviço de Inteligência da corporação.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte