Polícia | Execução

Seis políticos assassinados em menos de dois anos no interior do Maranhão

Último caso ocorreu ontem, em Santa Luzia do Paruá; a vítima foi o ex-presidente da Câmara Municipal de Maranhãozinho, vereador Jango do PSD, morto a tiros
Ismael Araújo24/04/2019
Seis políticos assassinados em menos  de dois anos no interior do MaranhãoJoão Pereira Serra, o Jango do PSD, que foi assassinado ontem em Santa Luzia do Paruá (Divulgação)

SANTA LUZIA DO PARUÁ - Mais um político foi assassinado no Maranhão. Desta vez a vítima foi o ex-presidente da Câmara Municipal de Maranhãozinho, vereador João Perreira Serra, o Jango (PSD), de 46 anos. Segundo a polícia, ele foi executado por dois homens, ainda não identificados, na zona rural da cidade de Santa Luzia do Paruá, a 370 quilômetros da capital. Um levantamento feito pelo blog do jornalista e coordenador de reportagem de O Estado, Daniel Matos, seis políticos com ou sem mandatos já foram mortos em menos de dois anos no estado.

A delegada Samara Borges, da Delegacia Regional de Zé Doca, disse que o parlamentar, em companhia de um empregado, em seu veículo, deixava sua fazenda, na zona rural de Santa Luzia do Paruá, quando foi acabou pelos criminosos.

O vereador levou vários tiros, segundo a polícia, de escopeta e revólver calibre 38. João Pereira morreu no local, enquanto os criminosos fugiram em uma motocicleta levando a quantia de R$ 8 mil e uma arma de fogo. O corpo do parlamentar foi removido para o hospital da cidade para a autópsia. O homem que companhava a vítima nada sofreu e ainda ontem prestou esclarecimento sobre o caso para a polícia.

A delegada informou, também, que a cúpula da Polícia Civil designou o delegado Clarismar Campos, da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP), para coordenar o trabalho de investigação desse crime. Inclusive, a equipe de investigadores já ouviu testemunhas e acompanha o trabalho pericial no local do assassinato.

Outras ocorrências

A polícia também registrou o assassinato de mais quatro políticos no Maranhão. Um dos crimes, de grande repercussão, vitimou o prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva, ocorrido no dia 10 de novembro do ano passado, na zona rural dessa cidade. Segundo a polícia, essa morte teve como mandantes o vice-prefeito do município, José Rubem Firmo, o Rubens Lava Jato, e o empresário José Antônio Messias, o Messias do Pneu Zero.

Ainda de acordo com a polícia, José Denilson Feitosa Guimarães, o Boca Rica, teria contratado por aproximadamente R$ 200 mil os militares Francisco de Assis Bezerra Soares, o Tita; e Willame Nascimento Silva para assassinarem o prefeito; enquanto Douglas Silva Barbosa emprestou um veículo para ser utilizado pelos executores.

O outro político assassinado a tiros foi o ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim. O crime ocorreu no dia 6 de dezembro de 2017. A polícia registrou, também, a morte do vereador de Governador Nunes Freire, Kedson Rodrigues, no dia 25 de agosto de 2017. A vítima foi assassinada a golpes de faca, em Turilândia, município distante 160 quilômetros da capital. A outra vítima foi o vereador de Anajatuba, Miguel Sampaio, 53 anos, Miguel do Gogó, do PCdoB.

O parlamentar foi executado com três tiros na cabeça durante uma festa em um povoado da cidade de Santa Rita por dois homens em uma moto, no dia 16 de abril em 2017. A polícia informou que esse crime teve características de pistolagem. A vítima vinha recebendo ameaças nos três meses que antecederam a sua morte.

Em 2 de janeiro de 2018, foi assassinado o vereador de Apicum-Açu, Jorge Cunha, do Pros. Ele foi assassinado durante uma festa em um povoado do município por um homem a quem havia negado a quantia de R$ 2,00. Os golpes atingiram o peito e a costela do parlamentar.

Saiba mais

Em novembro do ano passado, o vereador de Maranhãozinho, Francisco das Chagas Sousa, o Francis do Sesp, de 46 anos, morreu durante um acidente de trânsito, ocorrido no interior do Maranhão.

Entenda o caso

Assassinatos de políticos no Maranhão

Dia 16 de abril de 2017: vereador de Anajatuba, Miguel Sampaio, 53 anos, Miguel do Gogó, do PCdoB, na zona rural de Santa Rita.

Dia 25 de agosto de 2017: vereador de Governador Nunes Freire, Kedson Rodrigues, em Turilândia.

Dia 6 de dezembro de 2017: o ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim, na zona rural dessa cidade.

Dia 2 de janeiro de 2018: vereador de Apicum-Açu, Jorge Cunha, do Pros, nesse município.

Dia 10 de novembro de 2018: prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva, nessa cidade.

Dia 23 de abril de 2019: ex-presidente da Câmara Municipal de Maranhãozinho, vereador João Perreira Serra (PSD), o Jango, morto em Santa Luzia do Paruá.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte