Estado Maior | COLUNA

Exemplo a ser seguido

24/04/2019

A política de resíduos sólidos no Brasil tem sido dura para que estados e municípios se ajustem às exigências previstas em lei. Tempo foi dado e mesmo assim há exemplos próximos de que a legislação não vem sendo cumprida.
Santo Amaro e Paço do Lumiar são exemplos dados em nível nacional pelo ministro de Meio ambiente, Ricardo Salles, ao visitar o estado.
Infelizmente, a exposição leva para outros estados do Brasil que o Maranhão tem problemas sérios com lixões.
Considerando as condições econômicas e sociais, os demais municípios do Maranhão poderiam buscar o exemplo da capital, São Luís, que vem implementando uma política de resíduos sólidos que ultrapassa a velha cobrança por coleta diária de lixo nas ruas.
Lixões são passado na capital (apesar dos pontos em bairros que mesclam uma necessidade por serviço mais eficiente na periferia e a educação do cidadão). Os ecopontos sanaram as questões quanto ao descarte de “lixos maiores”, como entulhos, e a educação da sociedade faz parte do calendário do município em escolas, eventos e vias públicas.
Que o Maranhão seja representado mais pelo que há de positivo no estado. Que cidades como Santo Amaro e Paço do Lumiar cumpram o que diz a legislação e passem a fazer parte de um Maranhão mais positivo não somente na imagem para quem visita o estado, mas, principalmente, para o cidadão, que mantém toda a estrutura pública.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte