Polícia | Desarticulação

Operação Alvo Certo fecha o cerco aos faccionados em São Luís

Novos mandados foram cumpridos ontem, desta vez contra os detentos que ordenavam a prática de crimes na Região Metropolitana de São Luís
Ismael Araújo11/04/2019

SÃO LUÍS - A polícia afirmou, ontem, em coletiva na sede da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), no Bairro de Fátima, que os presidiários do Complexo de Pedrinhas, Deyvison Estrela Mendes, Jorge Henrique Amorim Martins, o Dragão; Mailton Silva, Alberdan Costa dos Santos e Jhonny Willer Rodrigues de Sousa, o Vida Louca, são apontados como os que ordenavam integrantes de facções criminosas, que estão fora da unidade, a praticarem crimes como tráfico de droga e aquisição de arma de fogo.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte