Polícia | Feminicídio

Mulher é morta a facadas por ex-companheiro em Caxias

O ex-companheiro da vítima é o principal suspeito; de acordo com a polícia, ele não aceitava o fim do relacionamento
Daniel Matos01/04/2019
Mulher é morta a facadas por ex-companheiro em CaxiasKaiza, mais uma vítima de feminicídio no Maranhão (Divulgação)

A sobrinha de um ex-vereador de Caxias, identificada como Kaiza de Sousa Lacerda, de 23 anos, foi assassinada a golpes de faca no pescoço em plena via pública do bairro Vila Lobão, na cidade -polo da Região dos Cocais, durante a madrugada de domingo, 31. A polícia informou que o principal suspeito de ser o autor do crime é o ex-companheiro da vítima, Netinho, que, segundo foi apurado, não aceitava o fim do relacionamento amoroso.

O caso está sendo investigado como feminicídio pela equipe da Delegacia Regional de Caxias, sob a coordenação do delegado Jair Paiva. Ainda de acordo com a polícia, a vítima já tinha registrado uma ocorrência contra o acusado na delegacia por violência doméstica e lesão corporal. No momento, ela estava morando com os pais e deixa três filhos menores de idade.

Assassinato

Na madrugada de ontem, ao sair de uma festa, na Vila Lobão, Kaiza de Sousa Lacerda teria sido abordada pelo ex-companheiro. A polícia informou que ele desferiu um golpe de faca no pescoço da vítima e, em seguida, tomou rumo ignorado.

Gravemente ferida, a mulher foi levada por socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o hospital da cidade, onde já chegou sem vida. O corpo da Kaiza foi levado para o Instituto Médico Legal (Samu) de Caxias, onde foram realizados os exames de praxe. Logo após, foi liberado para os familiares.

Tentativa de feminicídio

Ainda ontem, Cleunice Serra Pinto, de 53 anos, estava internada em um hospital, em São Luís, correndo risco de morte. A polícia informou que ela levou um golpe de facão na cabeça desferido pelo próprio marido, Domingos Pereira Filho, o Léo, de idade não revelada.

O casal reside no povoado Belas Águas, na zona rural de Matinha, município da Baixada Maranhense. Na noite da última sexta-feira, o casal discutiu e Cleunice Serra foi golpeada e levada para o hospital local. Sábado, 30, foi transferida para um hospital de São Luís. O acusado foi preso em flagrante e autuado pelo crime de tentativa de feminicídio.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte