Polícia | Julgamento

Acusado no caso Leocádio é condenado a 20 anos e 10 meses

Wytamar Costa era acusado de participação na morte de João Henrique Leocádio, prefeito de Buriti Bravo, em 2005
Ismael Araújo20/02/2019

SÃO LUÍS - O Poder Judiciário informou, ontem, que Wytamar Costa da Silva foi condenado pelo Júri Popular a 20 anos, 10 meses e 15 dias de reclusão em regime fechado acusado de ter participado do assassinato mediante a pagamento e dissimulação contra o prefeito de Buriti Bravo, João Henrique Borges Leocádio. Esse crime ocorreu no dia 10 de maço de 2005.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte