Política | Crime ambiental

Mourão diz que agora é com MG e cobra MP

Até o final da manhã desta segunda-feira (28), havia a confirmação de 60 mortos e 292 desaparecidos
Globo.com28/01/2019 às 11h53
Mourão diz que agora é com MG e cobra MPReprodução/JN

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou neste domingo (27) ao blog que o gabinete de crise do governo federal já está montado para monitorar e definir ações para Brumadinho (MG) e que, agora, "é com o governo de Minas Gerais".

Na sexta-feira (25), uma barragem da mineradora Vale se rompeu na cidade de Brumadinho e um mar de lama destruiu a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Até o final da manhã desta segunda-feira (28), havia a confirmação de 60 mortos e 292 desaparecidos.

"O gabinete de crise está montado. Mas agora é com o governo de Minas Gerais, a condução é do governo de Minas", afirmou Mourão.

Sobre punição aos responsáveis pela tragédia em Brumadinho, Mourão disse que "compete ao MP apurar para responsabilizar criminalmente e também na área cível"

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte