Estado Maior

Soberba e mentira

11/01/2019

Não condiz com a verdade a declaração dada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) ao jornal Folha de S. Paulo de que o Maranhão não carece de recursos federais para o atual exercício financeiro.
Em tom de soberba, no início da semana, o comunista afirmou o seguinte: “Não faço planejamento contando com novos recursos federais. Não está na minha contabilidade. Se aparecer [o recurso], ótimo [...].”, disse.
Ocorre que o estado depende sim da ajuda do Governo Federal em todas as áreas de atuação e tem usufruído desse suporte.
Na manchete da página 3 da editoria de Política de ontem, por exemplo, O Estado trouxe a denúncia da Clínica Biorim, que atende pacientes renais crônicos no estado e tem sofrido calote do Executivo Estadual.
O recurso que deve ser destinado para a clínica que realiza o procedimento de hemodiálise na região dos municípios de Bacabal, Santa Inês e Zé Doca, é repassado aos cofres do estado pelo Governo Federal.
Sem esse dinheiro, a hemodiálise não funciona no estado.
Há outros recursos como contrapartida para a construção e reparo de estradas estaduais e obras de infraestrutura, escolas, creches e ações na saúde, com aporte do SUS.
Flávio Dino, portanto, não fala a verdade quando diz que não conta com recursos do Governo Federal.
E isso ficou mais evidente ainda, quando, logo após a declaração, secretários de Estado e o vice-governador buscaram audiências com ministros do governo Jair Bolsonaro com a missão de atrair recursos para o Maranhão.
Mas quem é que espera de Flávio Dino a verdade?

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.