Saúde e bem estar

UTI Pediátrica: tecnologia, avanços e tratamento humanizado

Centro de referência, o Hospital São Domingos oferece assistência especializada à criança que necessita de vigilância e cuidados de alta complexidade, com conforto e atenção necessária ao pronto restabelecimento

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h27

[e-s001]Equipamentos da mais moderna tecnologia, tratamento personalizado e humanizado e utilização de recursos terapêuticos baseados nas melhores evidências da Medicina. Estas são as características da UTI Pediátrica (UTIP) do Hospital São Domingos (HSD). Atualmente, são oito leitos, dos quais dois de isolamento. A unidade, em funcionamento desde maio de 2017, conta com equipamentos específicos para o atendimento de crianças, desde respiradores de última geração, monitores capazes de oferecer assistência hemodinâmica avançada, até equipamentos altamente especializados para tratamento de crianças em estado grave, caso da terapia com óxido nítrico.

De acordo com coordenador médico do Núcleo de Medicina Intensiva do HSD, José Raimundo Azevedo, a equipe assistencial é composta por pediatras com qualificação para o atendimento de crianças em estado grave, e todos os pacientes têm como médico assistente um profissional com formação de alto nível para atendimento de crianças em estado graves (Residência em UTI Pediátrica e título de especialista na área).

“O atendimento integral e especializado da criança em estado grave conta também com enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos e nutricionistas qualificados e dedicados tanto à recuperação do paciente quanto à atenção integral aos familiares”, complementa o médico José Raimundo Azevedo.

[e-s001]Avanços
Além da assistência médica, os pacientes da UTI Pediátrica do Hospital São Domingos dispõem de um grande jardim terapêutico, com plantas naturais e um belo aquário. Quando as crianças são estabilizadas, podem permanecer no espaço nos períodos da manhã e da tarde. O objetivo, com esse espaço, é proporcionar aos pacientes e familiares momentos de relaxamento e bem-estar que contribuem de forma positiva para o tratamento.

A presença permanente dos pais nos leitos é um dos componentes importantes para a recuperação do pequeno paciente. “Os pais são permanentemente informados sobre o estado dos filhos e interagem com a equipe assistencial no sentido de se sentirem seguros quanto aos cuidados recebidos na Unidade”, informa o coordenador.

[e-s001]Resultados
Todo este aparato profissional e tecnológico tem gerado resultados significativos. No período de janeiro a novembro de 2018, a UTIP do Hospital São Domingos internou 244 crianças, todas em estado grave ou potencialmente grave e necessitando de assistência de alta complexidade e quase 100% delas tiveram sucesso no tratamento. Considerando todos estes dados, o último óbito na UTIP ocorreu em junho de 2018.

SAIBA MAIS

E para ampliar a oferta desse serviço para a população, encontra-se em fase final de construção, com inauguração prevista para abril de 2019, uma nova UTI Pediátrica no Hospital São Domingos, com 10 leitos em um ambiente que deverá desmitificar completamente a impressão de hospital tradicional, desde alojamentos individuais, com banheiro, ambientes com enredo Safari, amplos jardins e uma brinquedoteca. Um dos jardins é adequado para que os pais e médicos possam conversar fora do leito do paciente.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.