Política | Meritocracia

Bolsonaro escolhe diplomata de carreira para Relações Exteriores

Ernesto Araújo é membro do Itamaraty há 29 anos
José Linhares Jr14/11/2018 às 16h28
Jair Bolsonaro e o futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) segue cumprindo uma de duas principais promessas de campanha: montar um ministério técnico. A escolhe de Ernesto Araújo para o Ministério de Relações Exteriores, diplomata de carreira há cerca de três décadas, mostra uma continuidade na postura de Bolsonaro.

Como anunciado pelo presidente eleito, o nome de Ernesto foi divulgado por uma rede social. Veja o comunicado:


Após o anúncio, Bolsonaro e Araújo concederam entrevista coletiva. Questionado sobre o novo nome, o presidente eleito respondeu:

"Ele [futuro ministro] tem 29 anos no ministério, então é uma pessoa bastante experiente já, apesar de ser uma pessoa jovem, com 51 anos de idade", afirmou o presidente eleito.

Jornalistas perguntaram a Ernesto Araújo sobre um possível viés ideológico no Ministério.

"Sem preferências, temos relações excelentes com todos os parceiros para incrementar as parcerias em benefício de todos e do povo brasileiro, sobretudo", disse o futuro novo ministro.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte