Ineficiência

Abastecimento de água ineficaz gera transtornos no Centro

Moradores do bairro Belira, por exemplo, estavam tirando água de um poço na localidade, porque o líquido não chegava às torneiras de suas casas, fato comum no dia a dia da maioria que vive na área

Daniel Júnior / O Estado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h29

O abastecimento de água no centro de São Luís e adjacências ainda não foi normalizado com eficiência. Ontem, moradores do bairro Belira estavam tirando água de um poço na localidade. Eles afirmam que a água está chegando muito fraca às torneiras e não sobe aos chuveiros. Os bairros Areinha e de Fátima também enfrentam o problema no desabastecimento.
“A água está tão fraca que parece uma agulha. A minha sorte é este poço, porque senão teria de comprar água para tomar banho. A água da torneira de casa eu estou juntando para cozinhar e lavar louças. Está muito fraca. Frequentemente somos obrigados a passar por esse problema”, afirmou a funcionária pública Lúcia Cutrim, de 41 anos, enquanto jogava o balde no poço para coletar água.
A problemática da falta de água foi em decorrência de um rompimento acidental de tubulação nas obras realizadas na Rua Grande, localizada no centro de São Luís, e o sistema precisou ser desligado, para conter o vazamento, de acordo com informações da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).
O auxiliar de produção Marcos Miranda, de 32 anos, disse que uma parte do bairro permanecia sem água. “A água acabou de chegar a algumas residências, porém com pouca intensidade. Não tem como tomar banho, porque não sobe ao chuveiro. Além disso, tem uma parte do bairro do Belira que continua sem um pingo de água nas torneiras. É um absurdo. Temos que estar aqui pegando água no poço, de balde em balde, se quisermos banhar”, explicou Miranda.
Procurada novamente por O Estado, a Caema informou que o reparo da tubulação danificada já foi concluído no último domingo (19) e que, neste momento, estava operando normalmente. A companhia ressaltou que, durante a fase de estabilização de ciclos, abastece a área com carros-pipa.

SAIBA MAIS

Desabastecimento de água é uma problemática que acontece com frequência em São Luís. No dia 16 de maio deste ano, um total de 600 mil pessoas ficou sem água nas torneiras, devido a uma obra no Sistema Italuís, que é responsável pelo abastecimento de mais de 160 bairros da Ilha. Porém esse mesmo trantorno já havia ocorrido no dia 6 de dezembro de 2017. No dia 29 de abril, a adutora do Sistema Italuís também sofreu um rompimento. Os moradores ficaram sem água nas torneiras, por mais de 24 horas, para reparos. O rompimento da adutora do Sistema Italuís aconteceu por volta das 20h de um domingo, no Km-38 da BR-135, conforme a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.