Investimento

Arnaldo Melo viabiliza mais de R$ 66 milhões para municípios do MA

Diretor executivo da Funasa divulgou a relação de projetos aprovados no Programa de Melhorias Sanitárias e de Abastecimento de Água pelo órgão

Ronaldo Rocha da editoria de Política

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h34
Arnaldo Melo é diretor executivo da Funasa
Arnaldo Melo é diretor executivo da Funasa (Arnaldo melo)

O diretor executivo nacional da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Arnaldo Melo (PMDB), ex-governador do Maranhão e ex-presidente da Assembleia Legislativa, confirmou a aprovação de 116 convênios do órgão com municípios maranhenses e a viabilização de recursos da ordem de R$ 66.882.400,00 milhões para investimentos em projetos do Programa de Melhorias Sanitárias Domiciliares (MSD) e de abastecimento sanitário.

A expectativa é de que os convênios sejam assinados até o dia 5 de dezembro, num ato oficial, em Brasília, para a execução dos projetos comece ainda este ano.

Do valor total, R$ 31.220.000,00 milhões serão aplicados para a implantação de 65 kits de MSD e outros R$ 35.662.400,00 serão executados para o 51sistemas de abastecimento sanitário.

Arnaldo Melo explicou que a Funasa fará a chamada para que os municípios apresentem a documentação complementar em 7 dias, para que haja a assinatura dos convênios junto à superintendência da Funasa no Maranhão, que tem como superintendente, André Campos.

“André Campos é quem vai receber toda essa demanda. Nós pretendemos assinar os convênios até o dia de dezembro, em Brasília, num ato que terá a participação de representantes de todos os demais municípios brasileiros”, disse.

Melo falou da importância do programa MSD e do projeto que implanta o abastecimento sanitário.

“O Brasil possui um índice muito baixo de saneamento e no Maranhão não é diferente. Há muitos municípios com dificuldade em abastecimento de água, principalmente água potável, não há local adequado também para que as famílias recolham os dejetos, a condição higiênico-sanitária é muito frágil e o projeto da Funasa atende justamente essa demanda”, explicou.

Melo assegurou empenho da Funasa para melhorar a qualidade de vida da população maranhense e disse que em 2018 o objetivo será alcançar todos os municípios do estado.

Ele destacou a importância da bancada do PMDB no Congresso Nacional e junto ao Governo Federal para que os investimentos chegassem ao estado.

“Nós conseguimos destacar para o Maranhão um valor significativo, com um trabalho feito pelo senador João Alberto que foi quem me indicou [para a Funasa] junto ao senador Edison Lobão, e os deputados do PMDB”, afirmou.

O diretor executivo da Funasa afirmou que apesar de atender todos os estados brasileiros a sua gestão tem procurado ajudar o Maranhão com a liberação de recursos.

“Vamos assinar esses convênios e a partir do primeiro semestre do próximo ano, ampliar essas parcerias com os municípios, independentemente da cor partidária”, completou.

Programa - Melhorias Sanitárias Domiciliares são intervenções promovidas nos domicílios, com o objetivo de atender às necessidades básicas de saneamento das famílias, por meio de instalações hidrossanitárias mínimas, relacionadas ao uso da água, à higiene e ao destino adequado dos esgotos domiciliares.

O programa tem o objetivo de implantar soluções individuais e coletivas de pequeno porte, com tecnologias apropriadas; contribuir para a redução dos índices de morbimortalidade provocados pela falta ou inadequação das condições de saneamento domiciliar; dotar os domicílios de melhorias sanitárias, necessárias à proteção das famílias e à promoção de hábitos higiênicos e fomentar a implantação de oficina municipal de saneamento.

Saiba Mais

O diretor executivo nacional da Funsa, Arnaldo Melo, revelou que já está assegurado investimento de mais R$ 3.150.000,00 milhões para a perfuração de poços no Maranhão. Além de quatro caminhões adaptados, serão adquiridos uma perfuratriz de grande alcance, compressor, guindaste e outros equipamentos. O recurso já está destacado para a superintendência do Maranhão, que realizará a concorrência pública.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.