Política | Corte Eleitoral

TRE fica a partir de hoje com apenas seis membros

Biênio do jurista Daniel Blume chegou ao fim e não há definição de novo nome para compor a Corte Eleitoral maranhense em ano eleitoral
Carla Lima/Subeditora de Política17/05/2018 às 09h32
TRE fica a partir de hoje com apenas seis membrosPresidente do TRE, Ricardo Duailibe, faz parte dos seis membros da Corte Eleitoral, que fica incompleta a partir desta quinta-feira, 17 (Biné Morais / O ESTADO)

A partir desta quinta-feira, 17, O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) terá somente seis membros. Isto porque terminou o biênio do jurista Daniel Blume e ainda não foi definido o nome do novo membro da Corte Eleitoral do Maranhão.

A escolha do novo membro faz parte de um imbróglio que já dura mais de 2 anos. A lista tríplice escolhida em 2016 entre os membros da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foi impugnada devido a irregularidades em informações prestadas pelos advogados Daniel Leite, Gabriel Ahid Costa e Gustavo Villas Boas, escolhidos para compor esta lista tríplice.

Com todo o imbróglio, não foi definido um nome do novo membro do TRE/MA. Daniel Blume, que foi escolhido como juiz substituto ficou na Corte durante dois anos. Mas como não há membro titular escolhido na categoria de jurista e também ainda não foi escolhido membro substituto na mesma categoria, a Corte Eleitoral ficará com seis membros.

O Tribunal de Justiça (TJ), escolheu este ano, os nomes dos advogados para compor lista tríplice para membro substituto da Corte Eleitoral. Foram escolhidos os advogados José Cavalcante de Alencar Júnior, Maria José Carvalho de Sousa Milhomem e Alteredo de Jesus Neris Ferreira.

Esta lista já foi encaminhada ao TSE.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.