Política | Relação com PCdoB

Petistas maranhenses são chamados por Direção Nacional do partido

Dirigentes do PT no estado e também em São Luís, além dos deputados Zé Inácio e Zé Carlos, irão se reunir na tarde desta terça-feira com presidente nacional da sigla, senadora Gleisi Hoffmann
Carla Lima/Subeditora de Política15/05/2018 às 13h33
Petistas maranhenses são chamados por Direção Nacional do partidoPT maranhenses e suas diversas alas aproveitam desconforto causado por Flávio Dino para mais uma briga interna do partido (Arquivo)

Já estão em Brasília a espera da reunião com a direção nacional do PT, membros do partido no Maranhão. Na pauta do debate a relação do PT com o PCdoB de Flávio Dino (PCdoB). O encontro foi marcado após a entrevista do governador de que os petistas deveriam apoiar a candidatura de Ciro Gomes (PDT) à Presidência da República.

Estão na capital federal o presidente estadual da legenda no Maranhão, Augusto Lobato, o presidente municipal da sigla em São Luís, vereador Honorato Fernandes, os deputados Zé Inácio e Zé Carlos além de Márcio Jardim, ex-secretário de Esportes de Flávio Dino (PCdoB) e Raimundo monteiro, membros da direção nacional.

Eles irão se posicionar para a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman, sobre a condição do PT nas relações de aliança para as eleições de 2018.

A senadora também reafirmará aos petistas maranhenses que não há plano B para o PT em relação à eleição para presidente da República. Ou seja, que a tese de Flávio Dino de o PT apoiar o candidato do PDT é totalmente descartada.

Crise - Diante do desconforto que as declarações de Flávio Dino causou, os petistas maranhenses acabaram abrindo mais uma frente de crise no partido. Desta vez, a briga é por espaços já que há uma ameça real do PT não mais coligar com o comunista.

O deputado estadual Zé Inácio e Márcio Jardim pregam a ideia de candidatura ao Senado sem que haja uma candidatura própria ao governo ou o apoio formal do partido a um candidato a governador.

Pensa diferente os presidentes do PT no estado e em São Luís. Lobato quer a aliança com o PCdoB a qualquer custo. Já Honorato Fernandes defende a aliança diante de possibilidades de crescimento da sigla nas eleições proporcionais deste ano.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte